Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018
Matérias-Primas

Soja sobe pelo 2º dia consecutivo em Chicago nesta 3ª feira com suporte nas condições das lavouras dos EUA
Campinas, SP, 17 de Julho de 2018 - Os preços da soja negociados na Bolsa de Chicago dão continuidade ao movimento de alta iniciado ontem, com o mercado reagindo ao último reporte semanal de acompanhamento de safras divulgado pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) no final da tarde desta segunda-feira (16).

O boletim trouxe uma baixa no índice de lavouras em boas ou excelentes condições de 71% para 69% na semana e o número ficou ligeiramente mais baixo do que as expectativas, segundo explicaram analistas e consultores internacionais. Embora a diferença seja ainda tímida, foi suficiente para dar algum fôlego a um mercado já muito sobrevendido.

"De tão vendido, principalmente no último mês, qualquer novidade ou 'desculpa' para um novo rally dos preços é bem-vinda. No entanto, como há meses vem acontecendo, os traders não desviam suas atenções das manchetes que se desenvolvem ao redor das conversas entre China e Estados Unidos no meio dessa guerra comercial", diz o boletim diário da Allendale, Inc.

Dessa forma, os contratos mais negociados, por volta de 7h35 (horário de Brasília), subiam pouco mais de 5 pontos, com o agosto/18 valendo US$ 8,35 e o novembro/18 sendo cotado a US$ 8,62 por bushel.

"O mercado já precifica bem a retórica comercial entre Estados Unidos e China. O interesse especulativo neste direcionador momentâneo de preços tem perdido o peso de composição de tendência. Os operadores da soja aguardam que a imposição tarifária chinesa de 25% sobre o grão importado dos Estados Unidos deverá ser um componente deste mercado por um prazo estendido", explica a AgResource Mercosul (ARC).

Do mesmo modo, porém, a consultoria afirma ainda que qualquer nova tentativa de renegociação entre Donald Trump e Xi Jinping poderia disparar um novo movimento de alta reverso às baixas acumulada nos últimos meses. Os fundos, afinal, seguem muito presentes do lado da venda, não só na soja em grão, mas também no óleo.
(Notícias Agrícolas) (Carla Mendes)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 11/12
Segunda-Feira, 10/12
Sexta-Feira, 07/12
Cresce mobilização de caminhoneiros por nova paralisação (16:15)
Conferência FACTA WPSA-Brasil 2019 já tem data e temas definidos (12:52)
Qualidade de água é tema de palestra da Vetanco (09:50)
Cobb-Vantress premia melhores lotes da região Nordeste (09:07)
NUCLEOVET apresenta planejamento 2019 em evento em SP (09:03)
FRANGO/CEPEA: exportações recuam, mas valores da carne sobem em novembro (08:14)
Início de dezembro apresenta maior firmeza nas cotações do boi gordo (08:04)
Milho: Bolsa de Chicago fecha quinta-feira com leves baixas (08:00)
A pedido da CNA, STF suspende multas pelo descumprimento da tabela do frete (07:37)
Paraná desburocratiza processo de licenciamento ambiental (07:30)
Depois do frango, Marrocos libera importação de carne bovina dos EUA (06:28)
Quinta-Feira, 06/12
Avicultura gaúcha sofre após desabilitação de unidades de abate (23:34)
“Conexão Aviagen” promove o crescimento e o sucesso do Ross 308 AP (08:50)
SUÍNOS/CEPEA: em novembro, média do vivo é a maior em 2018 em muitas regiões (08:28)
BOI/CEPEA: diferentes necessidades seguem resultando em oscilação do indicador (08:20)
Efeito da trégua entre EUA e China já é menor sobre commodities agrícolas (08:15)
Boi Gordo: preço sobe em São Paulo (08:10)
Milho: Bolsa de Chicago fecha quarta-feira com preços do milho estáveis (08:05)
Soja: Chicago estável e prêmios em queda levam disponível em Paranaguá aos R$ 79 nesta 4ª feira (08:00)
PIB do agronegócio do Brasil deve crescer 2% em 2019, prevê CNA (07:23)
SC aumenta exportação de frango em 14% e a de suínos em 33,6% (07:21)
Licenciamento ambiental em São Paulo para a avicultura (07:19)
Quarta-Feira, 05/12
JBS contrata Guilherme Cavalcanti como CFO (10:34)
El Niño fraco deve 'poupar' safra 2018/19 (10:26)
Vetanco promove palestra técnica junto a Cooperativa Lar (10:19)
Mês difícil para agroindústria ajudou a frear resultado de outubro (08:31)
JBS terá primeiro CEO que não é da família Batista (08:15)
Itamaraty deve reforçar foco agrícola (08:11)
Cenário positivo para o mercado do boi gordo (08:08)
Milho: Bolsa de Chicago fecha terça-feira com alta nos preços do milho (08:06)
Sem nenhum movimento que indique volta às compras dos chineses, soja em Chicago aguarda divulgação de regras definidas em trégua (08:00)
Lar Cooperativa recebe quatro troféus de Inovação (07:42)
Ponta Porã: Programa de incubadoras avança na Nova Itamarati (07:40)
JBS troca comando da empresa (07:39)