Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018
Empresas

Minerva estuda capitalização de US$ 3 bi para tentar união com BRF
São Paulo, SP, 06 de Junho de 2018 - A Minerva Foods, empresa de carne bovina controlada em sociedade pela família Vilela de Queiroz (28,2%) e a árabe Salic (21,4%), estuda um aumento privado de capital de pelo menos US$ 3 bilhões, apurou o Valor.

O objetivo é a companhia ganhar liquidez e porte para buscar uma combinação de negócios com a BRF, que possui uma base de acionistas pulverizada na B3. A informação sobre a possível combinação da Minerva com a BRF foi antecipada pelo BrazilJournal.

As companhias já possuem um cruzamento de bases acionárias. A BRF é dona de 11,6% da Minerva. A BRF é acionista da Minerva Foods desde outubro de 2014, quando vendeu as operações de carne bovina que possuia em Mato Grosso para a empresa do interior paulista. Somadas, as duas empresas teriam um faturamento superior a R$ 40 bilhões.

A despeito dos planos, a Minerva ainda não finalizou a estruturação do negócio, segundo fontes envolvidas na operação. Até o momento, nenhuma proposta foi formalizada à BRF. De acordo com essas fontes, já houve conversas preliminares para sondagem da receptividade à transação com os dois maiores acionistas da dona das marcas Sadia e Perdigão, as fundações Previ e Petros. Juntos, os fundos de pensão têm pouco mais de 22% do capital.

Se prosperar, a capitalização da Minerva seria feita com aporte de capital, em partes aproximadas, da holding VDQ, da família Vilela de Queiroz, da Salic, e com a entrada da empresa de participações em agronegócios Continental Grain, por meio da gestora Arlon. O controle da Minerva continuaria nas mãos de VDQ e Salic, fundo que pertence ao Reino da Arábia Saudita.

O objetivo é que a Minerva se torne a acionista de referência da BRF, com uma participação estimada de 30%, muito superior à qualquer atual sócio da empresa de alimentos processados. Para sauditas, o investimento na BRF é estratégico. A companhia é a maior exportadora de carne de frango para a Arábia Saudita e é dona da OneFoods, uma das maiores empresas de alimentos halal (que segue os preceitos islâmicos) do mundo.

A combinação de companhias é uma operação que não dispara a pílula de veneno da BRF, cujo gatilho é uma participação de 33%.

(Valor) (Graziella Valenti)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sexta-Feira, 17/08
China estende por 6 meses investigação antidumping sobre importação de frango do Brasil (09:10)
Maggi cobra transparência e responsabilidade de empresas para o crescimento do agro (09:09)
Uso de modelos matemáticos na nutrição animal (07:30)
Suíno Vivo: cotações permanecem estáveis, com tendência para novas altas (07:28)
USDA: Vendas semanais de soja e milho dos EUA ficam dentro das expectativas (07:27)
Milho: com alta da soja e do trigo, mercado amplia ganhos no pregão desta 5ª feira em Chicago (07:27)
Desinfecção de ovos férteis será tema de palestra no 12º Simpósio da ACAV (07:25)
Soja sobe quase 3% em Chicago impulsionada por retomada de negociações entre China e EUA (07:25)
Grupo Mantiqueira lança a sua primeira linha de ovos produzidas no sistema "cage free" (07:24)
Desinfecção de ovos férteis será tema de palestra no 12º Simpósio da ACAV (07:00)
Quinta-Feira, 16/08
SUÍNOS/CEPEA: preços da carne e do animal vivo se elevam pela 2ª semana seguida (11:58)
BOI/CEPEA: preços fecham 1ª quinzena em alta (11:50)
Ricardo Santin recebe distinção: Personalidade da Avicultura Nacional (11:41)
Exportação aos árabes cai em receita, mas cresce em volume (09:03)
Jantar do Galo Especial e Prêmio Talentos da Avicultura RS será realizado nesta sexta-feira (17) em Gramado/RS (08:49)
Aumento da oferta de frango pressiona Seara (07:45)
Agronegócio brasileiro ganha mais espaço no mercado turco (07:44)
Alta de custo com frete para exportador pode chegar a R$ 25 bilhões (07:43)
Governo prorrogará pela quinta vez prazo de adesão a Refis do Funrural (07:38)
VIII CLANA: última semana de envio de trabalhos científicos e inscrições com desconto (07:37)
Milho: produtores seguram vendas e preços têm mais um dia de alta no mercado interno (07:35)
Soja cede mais de 10 pts em Chicago com pressão do dólar e intensa aversão ao risco (07:30)
Quarta-Feira, 15/08
Soja limita retração do valor da produção agropecuária do país (11:38)
Impacto da alta do dólar levou JBS a prejuízo de quase R$ 1 bi no 2º tri (08:25)
Miniboom de commodities está acabando, diz estudo (08:23)
Valor da Produção Agropecuária é de R$ 563,5 bilhões (08:17)
Milho: safra dos EUA dá suporte e mercado fecha a terça-feira com valorização de mais de 1% em Chicago (08:10)
Dificuldades financeiras da Argentina auxiliam soja em Chicago (08:01)
Soja devolve parte dos últimos ganhos em Chicago e opera com leve baixa nesta 4ª feira (08:00)
Terça-Feira, 14/08
Crédito rural: necessário manter e inovar (09:38)
Frango deve ficar mais caro para consumidores de MT nesta semana (09:26)
MILHO/CEPEA: estimativas de menor oferta mantêm vendedor recuado e preço segue em alta (07:57)
SOJA/CEPEA: dólar, exportação à China e menor estoque impulsionam cotações no Brasil (07:56)
Decisão sobre o glifosato alerta sojicultor no Brasil (07:51)
Milho: com clima favorável nos EUA, mercado recua nesta 2ª na CBOT e consolida 3ª desvalorização consecutiva (07:48)
Soja trabalha com estabilidade nesta 3ª feira na Bolsa de Chicago ainda se ajustando (07:47)
Segunda-Feira, 13/08
Luciano Roppa assume Presidência do Conselho da Yes (14:48)
Horácio Rostagno enfoca tabelas brasileiras no LPN Congress 2018 (09:10)
Horácio Rostagno enfoca tabelas brasileiras no LPN Congress 2018 (09:05)
Dívida cresce, mas acordo com bancos anima BRF (08:26)
Soja avança no campo paulista (08:23)
Milho: em Chicago, mercado ainda reflete números do USDA e inicia semana com desvalorização de mais 1% (08:14)
Soja dá continuidade às baixas em Chicago nesta 2ª ainda refletindo USDA e clima nos EUA (08:13)