Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2019
Diversos

Deus salve o frango!
São Paulo, SP, 24 de Maio de 2018 - Uma receita importante de frango não figurou no cardápio do almoço oferecido pela rainha Elizabeth II na festa de casamento do seu neto, o príncipe Harry, com a plebeia Meghan Markle. Os convidados notaram a ausência. Chama-se frango da coroação (coronation chicken, em inglês). Foi batizado originalmente em francês, como poulet reine Elizabeth (frango rainha Elizabeth).

O nome atual é devido ao prato ter sido lançado em 2 de junho de 1953 no banquete de coroação de Elizabeth II. A família do noivo o saboreia desde então. Alguns são loucos por ele. “A Casa de Windsor, que governa o Reino Unido desde 1917, sempre gostou de galináceos”, sublinhou o apresentador de programas de culinária e gastrônomo britânico Prue Leith. “O frango da coroação poderia ter feito parte do cardápio da festa”.

Entre os pratos servidos no banquete de Harry e Meghan havia fricassé de frango, um picado da ave com alho-poró e cogumelo morchella, apreciadíssimo fungo comestível cuja parte superior tem a aparência de colmeia. Mas não era a mesma coisa. No fricassé de frango, cuja receita foi mencionada no século XVII pelo cozinheiro François Pierre de La Varenne, um dos fundadores da alta cozinha francesa, todos os ingredientes são cozidos juntos em um caldo básico antes de serem misturados ao molho branco.

Já no frango da coroação, peitos da ave cozinham em caldo de galinha aromatizado com cardamomo, canela, sementes de mostarda. O prato é servido frio com um molho cremoso à base de curry, vinho tinto, louro, extrato de tomate, suco de limão siciliano, purê de damascos, maionese e creme de leite. Cortado em tirinhas, o frango recebe uvas passas e chega à mesa dentro de folhas de alface. O historiador da gastronomia britânico James Winter, no livro “Quem Colocou o Filé no Wellington?” (Editora Melhoramentos, São Paulo, 2013), termina o capítulo sobre o prato qualificando-o de “delícia”.

A receita do frango da coroação foi criada pela cozinheira Rosemary Hume (1907-1984), diretora da École Le Cordon Bleu, de Londres, embora inicialmente sua paternidade tenha ido atribuída à florista Constance Spry (1886-1960), sua sócia em uma escola de economia doméstica na capital britânica. Houve uma razão comercial.

As duas escreveram juntas o livro “The Constance Spry Cookery Book” (Dent, Londres, 1956). Como o sobrenome de Constance estava no título e ela era muito mais famosa do que Rosemary – escrevera best-sellers de jardinagem, tinha feito arranjos para casamentos reais e decorado o caminho percorrido por Elizabeth II ao ser coroada – a editora evitou também creditar a obra à cozinheira.

“The Constance Spry Cookery Book” ensinou aos britânicos os segredos do frango da coroação. “A popularidade da receita se alastrou feito fogo”, diz o historiador da gastronomia Winter. “Nenhuma outra receita se tornou famosa tão rapidamente no Reino Unido desde 1892, quando Auguste Escoffier, chef do Savoy de Londres, inventou a sobremesa pêches Melba (pêssegos Melba) para a soprano australiana do mesmo nome”, acrescenta o restaurateur, apresentador de programas e gastrônonomo Leith.

Hoje, é tão apreciada pelo povo britânico que recheia sanduíches vendidos prontos pelos supermercados ou feitos na hora em lanchonetes e enriquece os piqueniques. Não por acaso, lá estava o frango da coroação em 2013, no banquete que comemorou os 60 anos de reinado de Elizabeth II, preparado a quatro mãos pelo cozinheiro real Mark Flanagan e o chef estrelado Heston Blumenthal. A dupla só trocou a maionese e o creme de leite pelo iogurte, a fim de torná-lo mais saudável.

O hino nacional de fato do povo britânico é God Save the King (Deus Salve o Rei), adaptado desde 1953 para Queen (Rainha) em função do gênero da atual soberana. Seu autor é desconhecido, mas teria sido composto em 1619. Com a devida licença dos súditos de Elizabeth II e das pessoas religiosas, foi nossa inspiração para o título bem-humorado deste texto: Deus salve o frango!
(Veja - Abril) (J.A. Dias Lopes)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 19/02
No Congresso de Ovos, Biocamp lança nova logomarca e comemora 20 anos de pioneirismo (11:54)
ABPA e DIPOA promovem encontro sobre inspeção (11:04)
Ministério promove, em Brasília, seminário sobre autocontrole na produção agropecuária (09:42)
JBS importa milho pela primeira vez em 2019, diz fonte (09:38)
Dívidas de financiamento para produtores e cooperativas no BNDES são prorrogadas (09:36)
Ação&Manejo: Controle e análise dos dados em granjas produtoras de ovos (09:07)
Frigoríficos buscam atalhos para vender ao Irã (08:20)
Indústria de ração do Brasil sente impacto de menor crescimento do setor de aves (08:15)
Mercado do boi gordo permanece travado (08:10)
Milho: mercado interno encerra segunda-feira com poucas movimentações (08:05)
Preços da soja no Brasil ainda dependem das relações comerciais China x EUA para definir direção (08:00)
ICC Brazil participa da VIV Asia 2019 (07:30)
Segunda-Feira, 18/02
Cobb-Vantress lança novos guias de manejo (13:50)
Blitz de Verão: ASGAV e COBB realizam atividade de promoção do consumo de carne de frango (10:34)
Milho: demanda firme e recuo vendedor sustentam altas (10:17)
Vetanco promove ciclo de palestras no Polo Avícola da Bahia (09:22)
Serviço de inspeção de Caxias do Sul tem equivalência ao Sisbi-Poa reconhecida (07:26)
Ministra defende que Congresso discuta retorno de desconto na conta de energia dos produtores (07:24)
Prazo da Frango Ad’Oro termina no próximo dia 22 (07:21)
Boi Gordo: frigoríficos testam preços abaixo das referências, mas volume de negócios é pequeno (07:06)
Soja: prêmios no Brasil sobem mais de 30% em 1 mês e ajudam cotações no mercado interno (07:00)
Sexta-Feira, 15/02
Frango: Cepea aponta que poder de compra vem registrando mais um mês de queda (09:32)
Ovos: preços de fevereiro são os maiores desde junho/2018, destaca Cepea (09:30)
China anuncia tarifas de até 32,4% ao frango brasileiro por 5 anos (08:21)
Para cobrir rombo, Estados elevam tributação sobre agronegócio (08:11)
Suíno Vivo: altas em SP, PR, MG e GO (08:08)
Boi Gordo: mercado em ritmo lento (08:06)
Boi Gordo: volume de animais abatidos no BR se eleva em 2018 (08:05)
Milho: mercado estável (08:04)
Soja: preços registram alta (08:00)
MSD Saúde Animal patrocina Congresso de Ovos e debate complexo respiratório em espaço empresarial (07:43)
Quinta-Feira, 14/02
Mercado será foco dos debates na abertura do Simpósio Brasil Sul de Avicultura (13:52)
2ª Conbrasul Ovos abre período de inscrições online (13:38)
Indústria de alimentos prevê avanço de até 4% (09:34)
Etanol de milho avança (09:32)
Nova regra incentiva emissão de letras de crédito do agronegócio (08:50)
Pilgrim’s Pride registra prejuízo de US$ 8,2 milhões no 4º trimestre (08:40)
Recall da BRF expõe falha e transparência (08:38)
IOB segue sua campanha em São Paulo (08:26)
Vetanco homenageia Cooperitaipu (08:22)
Suíno Vivo: estabilidade nas cotações (08:16)
Boi: em SP, preço da arroba está estável (08:12)
Milho: estabilidade domina o dia (08:05)
Preços da soja sobem no Brasil nesta 4ª feira (08:00)
Quarta-Feira, 13/02
VAXXITEK® já imunizou 100 bilhões de aves contra Marek e Gumboro (11:53)
Santa Catarina começa o ano com alta nas exportações de carnes (11:23)
Por salmonela, BRF faz recall de lotes de frango no Brasil e exterior (08:22)
Exportações do agronegócio sobem 6% em 12 meses e somam US$ 102,14 bilhões (08:07)
Suíno Vivo: alta de 5,12% em SC (08:05)
Boi gordo: oferta restrita dificulta a compra pelos frigoríficos (08:03)
Mercado Interno do milho permanece estável (08:00)
Brasil proíbe uso de antibióticos promotores de crescimento (07:51)
Clima adverso faz Conab e IBGE reduzirem projeções para safra (07:50)
SP: produção de grãos deve superar sete milhões de toneladas (07:49)