Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2019
Exportação

Exportações do agronegócio garantiram superávit da balança comercial

Odilson Ribeiro e Silva faz balanço da presença do Brasil no mercado mundial
Brasília, DF, 16 de Maio de 2018 - As exportações do agronegócio brasileiro somaram 96 bilhões de dólares em 2017, com aumento de 13% em relação a 2016. Sem a exportação do agro brasileiro, a balança comercial seria deficitária em 15 bilhões de dólares.

De 1997 a 2017, em 20 anos, o Brasil exportou 1,23 trilhões de dólares, e o agronegócio foi o setor que mais contribuiu para a balança comercial e para a economia brasileira. O agronegócio responde atualmente – dados de abril de 2018 – por 44,8% das exportações totais do Brasil.

“Tudo isso é garantido pelo agronegócio brasileiro, que alcançou superávit de 80 bilhões de dólares”, avalia Odilson Ribeiro e Silva, secretário de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

“A SRI foi criada em 2005, e passados treze anos, até os dias de hoje, tivemos o período de maior incremento das exportações brasileiras”, explicou o secretário. “O nosso esforço foi realizado em conjunto com todas as unidades do MAPA para que houvesse o melhor desempenho da nossa balança comercial. O principal produto da nossa é soja em grãos. Somos o maior o maior exportador de soja, mas temos planos de agregar ainda mais valor a este produto.”

No ano passado houve aberturas importantes de novos mercados. Carne suína para a África do Sul, produtos lácteos para a Malásia, material genético para países da Ásia (como a Coréia do Sul), arroz para o Peru, peixes para Israel e carne bovina para a Argentina.

“A nossa rede de adidos agrícolas tem uma atuação bastante forte”, disse o secretário. A SRI investiu na ampliação do quadro de servidores no exterior. Atualmente são 14 adidos agrícolas trabalhando em 41 países e blocos econômicos na promoção de produtos, no crescimento e manutenção das exportações. Até o final do ano serão mais 11 adidos, somando 25 profissionais para cobrir 80 países e blocos econômicos. O Brasil exporta hoje para 189 países e a União Europeia.

“Procuramos agir em sintonia, evitando as dificuldades para exportações do Brasil e verificando quais são os nichos de mercado em que teríamos mais condições de vender. Trabalhamos também nas conferências das partes de biodiversidade, de clima, mostrando o que o Brasil faz pela conservação do meio ambiente do planeta.”

Na busca constante de novos mercados, Ribeiro e Silva trabalha no Plano Estratégico da gestão do ministro Blairo Maggi, lançado há dois anos – portaria MAPA 1734. A meta é alcançar 10% do mercado agro mundial, atualmente estimado em 1,2 trilhões de dólares.

“Estamos preparando também um programa bastante ambicioso de promoção do agro brasileiro, que deverá incluir, anexo aos produtos importados, um código que levará o consumidor a um site na internet, no qual ele poderá acompanhar o sistema de produção relacionado àquele produto”

Um dos objetivos do programa de rastreamento de produtos é o de evidenciar a sustentabilidade do agronegócio brasileiro.
(MAPA) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 19/02
No Congresso de Ovos, Biocamp lança nova logomarca e comemora 20 anos de pioneirismo (11:54)
ABPA e DIPOA promovem encontro sobre inspeção (11:04)
Ministério promove, em Brasília, seminário sobre autocontrole na produção agropecuária (09:42)
JBS importa milho pela primeira vez em 2019, diz fonte (09:38)
Dívidas de financiamento para produtores e cooperativas no BNDES são prorrogadas (09:36)
Ação&Manejo: Controle e análise dos dados em granjas produtoras de ovos (09:07)
Frigoríficos buscam atalhos para vender ao Irã (08:20)
Indústria de ração do Brasil sente impacto de menor crescimento do setor de aves (08:15)
Mercado do boi gordo permanece travado (08:10)
Milho: mercado interno encerra segunda-feira com poucas movimentações (08:05)
Preços da soja no Brasil ainda dependem das relações comerciais China x EUA para definir direção (08:00)
ICC Brazil participa da VIV Asia 2019 (07:30)
Segunda-Feira, 18/02
Cobb-Vantress lança novos guias de manejo (13:50)
Blitz de Verão: ASGAV e COBB realizam atividade de promoção do consumo de carne de frango (10:34)
Milho: demanda firme e recuo vendedor sustentam altas (10:17)
Vetanco promove ciclo de palestras no Polo Avícola da Bahia (09:22)
Serviço de inspeção de Caxias do Sul tem equivalência ao Sisbi-Poa reconhecida (07:26)
Ministra defende que Congresso discuta retorno de desconto na conta de energia dos produtores (07:24)
Prazo da Frango Ad’Oro termina no próximo dia 22 (07:21)
Boi Gordo: frigoríficos testam preços abaixo das referências, mas volume de negócios é pequeno (07:06)
Soja: prêmios no Brasil sobem mais de 30% em 1 mês e ajudam cotações no mercado interno (07:00)
Sexta-Feira, 15/02
Frango: Cepea aponta que poder de compra vem registrando mais um mês de queda (09:32)
Ovos: preços de fevereiro são os maiores desde junho/2018, destaca Cepea (09:30)
China anuncia tarifas de até 32,4% ao frango brasileiro por 5 anos (08:21)
Para cobrir rombo, Estados elevam tributação sobre agronegócio (08:11)
Suíno Vivo: altas em SP, PR, MG e GO (08:08)
Boi Gordo: mercado em ritmo lento (08:06)
Boi Gordo: volume de animais abatidos no BR se eleva em 2018 (08:05)
Milho: mercado estável (08:04)
Soja: preços registram alta (08:00)
MSD Saúde Animal patrocina Congresso de Ovos e debate complexo respiratório em espaço empresarial (07:43)
Quinta-Feira, 14/02
Mercado será foco dos debates na abertura do Simpósio Brasil Sul de Avicultura (13:52)
2ª Conbrasul Ovos abre período de inscrições online (13:38)
Indústria de alimentos prevê avanço de até 4% (09:34)
Etanol de milho avança (09:32)
Nova regra incentiva emissão de letras de crédito do agronegócio (08:50)
Pilgrim’s Pride registra prejuízo de US$ 8,2 milhões no 4º trimestre (08:40)
Recall da BRF expõe falha e transparência (08:38)
IOB segue sua campanha em São Paulo (08:26)
Vetanco homenageia Cooperitaipu (08:22)
Suíno Vivo: estabilidade nas cotações (08:16)
Boi: em SP, preço da arroba está estável (08:12)
Milho: estabilidade domina o dia (08:05)
Preços da soja sobem no Brasil nesta 4ª feira (08:00)
Quarta-Feira, 13/02
VAXXITEK® já imunizou 100 bilhões de aves contra Marek e Gumboro (11:53)
Santa Catarina começa o ano com alta nas exportações de carnes (11:23)
Por salmonela, BRF faz recall de lotes de frango no Brasil e exterior (08:22)
Exportações do agronegócio sobem 6% em 12 meses e somam US$ 102,14 bilhões (08:07)
Suíno Vivo: alta de 5,12% em SC (08:05)
Boi gordo: oferta restrita dificulta a compra pelos frigoríficos (08:03)
Mercado Interno do milho permanece estável (08:00)
Brasil proíbe uso de antibióticos promotores de crescimento (07:51)
Clima adverso faz Conab e IBGE reduzirem projeções para safra (07:50)
SP: produção de grãos deve superar sete milhões de toneladas (07:49)