Terça-feira, 25 de Setembro de 2018
Empresas

Safeeds apresenta programa para controle de Salmonella

ProSafe une diferentes pontos de controle para reduzir contaminação e garantir segurança alimentar.
Campinas, SP, 16 de Maio de 2018 - Integradoras, produtores e também consumidores de produtos de origem animal estão sendo beneficiados com o Programa de Controle de Salmonella – o ProSafe, que une diferentes pontos de controle para garantir a segurança alimentar.

O programa de Controle de Salmonella se destaca agora pela importância que esse patógeno ganhou nos últimos dias, com a proibição da exportação de carne de frango a partir de diferentes frigoríficos brasileiros para a Europa. A Safeeds dispõe de ferramentas estratégicas para combater essa doença e investe no desenvolvimento de soluções para que os produtores de frango controlem a contaminação por Salmonella.

“Nossa missão é ajudar o nosso cliente, avaliando todos os pontos e implantando um programa que garanta a segurança em toda a cadeia, monitorando e corrigindo pontos falhos no processo produtivo”, explica o gerente de mercado da Safeeds, Juliano Trevizoli.

Sendo o Brasil o segundo maior produtor de frango no mundo, Trevizoli diz ser bastante difícil produzir aves com ausência completa de Salmonella, mas é preciso manter níveis baixos desse patógeno no campo. “O apoio do produtor é imprescindível para conseguir bons resultados nesse trabalho de combate. Todas as recomendações de limpeza, desinfecção, cama do aviário, biossegurança e demais orientações do especialista da indústria devem ser seguidas”, enfatiza.

De acordo com o gerente de mercado da Safeeds, o especialista, junto com o produtor, é quem vai garantir o controle da Salmonella.

Detalhes do Programa Controle de Salmonella

A Safeeds montou um programa completo para auxiliar as integradoras de frango a fim de monitorar os possíveis problemas no processo de produção. O trabalho ocorre nas fábricas de ração, aviários e incubatórios. O processo de análise de amostras e treinamentos de biosseguridade ocorre em todos os ambientes, inclusive nos abatedouros.
O uso estratégico de pontos de corte é determinado pela ampla monitoria, aliado a experiência da equipe técnica Safeeds.

“Com todo esse processo estamos visando a segurança alimentar dos consumidores e evitamos a contaminação nos produtos finais”, garante Juliano Trevizolli.

A Safeeds conta com equipe especializada para suporte técnico em toda a cadeia. Os trabalhos de pesquisa também auxiliam no desenvolvimento dos melhores produtos para o controle de Salmonella. Profissionais do Brasil e de outros países realizam testes diariamente com aves para buscar as melhores soluções para o problema.

Programa de Soluções Safeeds – ProSafe

O ProSafe contempla sete programas: Controle de Salmonella; Digestibilidade Monogástricos; Digestibilidade Ruminantes; Hidratação; Micotoxinas; Consumo de Alimentos; e, Conservação de Alimentos e Matérias Primas.

Cada uma dessas frentes possui várias ações, com pesquisa de campo e testes em laboratório. A partir disso, realiza-se o desenvolvimento de soluções e produtos para cada necessidade, envolvendo diferentes espécies. Para saber mais acesse: www.safeeds.com.br/prosafe
(Safeeds) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 25/09
Segunda-Feira, 24/09
Natal sedia dois eventos internacionais de inovação (11:32)
Ceva Saúde Animal estará no 12º Simpósio Técnico ACAV (10:09)
Inaugurado novo Centro de Distribuição De Heus no Nordeste (09:58)
Crise afeta as vendas de equipamentos de frigoríficos (08:38)
Suíça rejeita iniciativas que endureciam exigência para alimentos (08:35)
Membros do comitê técnico do Congresso de Ovos reúnem-se para discutir temário (08:22)
Simpósio de avicultura terá palestra de abertura com jornalista João Borges (08:17)
A avicultura catarinense, por José Antônio Ribas Júnior (08:14)
DSM é nova patrocinadora da Semana do Ovo 2018 (08:09)
No LPN Congress 2018, o Dr. Steve Leeson analizará as mudanças nutricionais em um ambiente livre de AGP (08:04)
Milho: mercado sobe mais de 1% na semana na CBOT com dados da demanda e chuvas nos EUA (08:00)
Soja fecha com balanço semanal positivo apesar das realizações de lucros desta 6ª em Chicago (07:58)
McDonald’s é alertado a cuidar melhor de seus frangos (06:09)
Sexta-Feira, 21/09
Siemens cria centro de competências de carnes no Brasil (08:58)
Rabobank: volatilidade associada ao Brasil é desafio para o mercado global (08:46)
Açúcar leva Brasil a acionar China na OMC (08:46)
Quinta-Feira, 20/09
Gestão de estoques se torna prioridade de Pedro Parente na BRF (11:48)
Só falta o aval da Casa Civil para pesquisador assumir a presidência da Embrapa (11:43)
Multinacional De Heus finca base de logística de carne em Caruaru (11:08)
Alterion ganha prêmio Innovspace (10:58)
BRF enfrenta crescente competição por milho com indústria de etanol (08:48)
Quarta-Feira, 19/09
Indústria vê queda na produção de ração no Brasil no 1º semestre e perspectiva negativa (10:26)
Idoso de 111 anos ‘ensina’ como viver muito e com saúde (09:52)
Arroz e feijão estão entre os alimentos mais desperdiçados no Brasil (09:49)
BRF está pronta para voltar aos “velhos tempos” (09:22)
Embrapa seguirá sob comando de pesquisador (08:56)
Soja: recuo em Chicago pesa sobre preços nos portos do BR, mas dólar e prêmios limitam baixa (07:59)
Simpósio de avicultura discutirá qualidade na produção de matrizes (07:58)
Brasil reforça vigilância para barrar eventual ingresso da peste suína africana (07:56)
Plantio da soja no Paraná atinge 9% da área e colheita do milho bate em 99% (07:13)
Sem oferta, mercado do boi gordo registra alta em São Paulo (07:12)
China está redirecionando investimentos dos EUA para a Europa (07:11)
Milho: focado na colheita nos EUA, mercado recua pelo segundo dia consecutivo na Bolsa de Chicago (07:00)