Terça-feira, 22 de Janeiro de 2019
Produção

CNA intensifica ações para reverter crise da produção de aves e suínos
Brasília, DF, 23 de Abril de 2018 - A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) intensificou as ações para ajudar os produtores de aves e suínos a minimizarem os impactos da crise. Além da queda brusca dos preços e da alta dos custos de produção, o setor terá de buscar soluções para a suspensão da compra da carne de frango pela União Europeia.

“É uma situação muito crítica e preocupante. A CNA está agindo de várias formas pra tentar minimizar esse impacto ao produtor. Não bastasse a baixa dos preços e a alta dos custos de produção, em função da alta do milho e do farelo de soja, tivemos o fechamento do mercado europeu para as carnes de aves brasileiras, que vai impactar bastante”, explica o superintendente técnico da CNA, Bruno Lucchi.

Nesta semana, com a atuação da CNA, vieram duas importantes medidas. Em uma delas, o Banco do Brasil prorrogou parcelas de contratos de custeio e investimento, tanto as já vencidas quanto aquelas com vencimento neste ano. A outra é a realização de leilões para escoar o milho, principal item da alimentação de aves e suínos, a preços mais acessíveis para regiões produtoras. Veja o Comunicado Técnico sobre o tema.

“Não vamos deixar o produtor desamparado neste momento. São medidas que vão trazer um pouco de alívio, mas estamos dialogando com o governo para obter mais medidas, como adequação no programa de venda balcão da CONAB e leilões de VEP”, ressalta Lucchi.

O cumprimento dos contratos de integração é uma das prioridades da CNA, que vai se reunir nas próximas semanas com entidades setoriais dos dois segmentos para discutir alternativas para evitar mais prejuízos a produtores e indústrias. Segundo superintendente, há relatos de produtores de que algumas empresas não estão cumprindo as cláusulas de pagamento quando não há alojamento de aves.

“Pelo contrato, se eu não alojar nenhuma ave, a empresa integradora deveria custear pelo menos um percentual do custeio dessa granja e pagar um saldo mínimo para o produtor manter uma remuneração mínima no período em que ele não vai alojar nenhum animal em função do excesso de oferta. Em algumas regiões isso não tem acontecido”, justifica.

Neste contexto, Lucchi, orienta os produtores rurais a negociarem seus contratos no âmbito das Comissões de Acompanhamento, Desenvolvimento e Conciliação da Integração (Cadecs) e que procurem federações, sindicatos e a CNA, que possui consultoria especializada em contratos de integração.

Em relação ao embargo imposto pela União Europeia, o superintendente espera ações firmes do governo para manter a boa imagem da carne brasileira no exterior, e assim impedir que outros mercados sigam a decisão tomada pelos europeus.
“Não foi uma barreira sanitária. É uma desculpa que a UE tem utilizado para manchar a imagem do Brasil, que é o maior exportador de carne de frango do mundo. Então que se haja uma atuação firme do governo, que entre na OMC, até mesmo retaliando a UE em outros produtos”.
(CNA/SENAR ) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 22/01
Arábia Saudita descredencia 33 unidades de carne de frango do Brasil que podem exportar ao país (16:26)
Arábia Saudita barra carne de frango de cinco frigoríficos brasileiros (13:18)
2019: Sindirações abre o calendário de cursos (08:27)
Movimento Frete sem Tabela critica reajustes divulgados pela ANTT (08:08)
Futuro de fiscais da Carne Fraca segue incerto (08:04)
Auster retoma plano para avançar no país (07:50)
Ovos produzidos em Pernambuco ganharão código na casca para garantir qualidade (07:47)
China aceita oferta de exportador de frango do Brasil para encerrar caso antidumping (07:46)
Mercado do boi apresenta baixa movimentação (07:40)
Milho: mercado interno registra estabilidade (07:35)
Soja: poucas variações nos preços com falta da referência de Chicago (07:30)
Segunda-Feira, 21/01
Dia de Campo da Copagril evidencia a força do cooperativismo (09:42)
China diz ter controlado surto de peste suína africana (08:47)
EUA e China negociam reabertura do mercado de frango (08:26)
China poderá reabrir seu mercado à carne de frango americana (08:26)
Exportações do agro em alta de quase 6% ultrapassam US$ 100 bilhões (08:11)
Custos de produção de frangos de corte subiram 14,21% em 2018 (08:07)
Guia Eletrônico de Nutrição Rhodimet®agora também está disponível para uso em smartphones (08:04)
MILHO/CEPEA: colheita da safra de verão se inicia no Brasil (08:02)
SOJA/CEPEA: preços internos, FOB e prêmios recuam com menor demanda internacional (08:01)
Milho: semana se encerrou com preços em alta na Bolsa de Chicago (08:00)
Sexta-Feira, 18/01
FRANGO/CEPEA: desaquecimento de negócios pressiona valores da carne (09:51)
OVOS/CEPEA: poder de compra do avicultor inicia 2019 em queda (09:50)
Milho: produtor de MT revê planos para safrinha (09:45)
Porto de Itajaí fecha o ano com melhor resultado desde 2011 (09:23)
Estudo sugere 'dieta universal' para salvar o planeta (09:22)
Ministério remove 'blindagem' de superintendências estaduais (08:22)
Boi Gordo: oferta regulada à demanda (08:09)
Milho: quinta-feira chega ao fim com preços em alta de até 6 pontos na Bolsa de Chicago (08:05)
Soja fecha a 5ª feira com altas de mais de 13 pts em Chicago com correção técnica e olhos no Brasil (08:00)
Quinta-Feira, 17/01
SUÍNOS/CEPEA: média do vivo é a menor para janeiro desde 2007 (11:06)
BOI/CEPEA: bom planejamento pode garantir margens positivas no fim de 2019 (11:03)
Balança Comercial Paulista registra superávit de US$ 11,49 bilhões, aponta IEA (11:02)
2ª Conbrasul Ovos 2019 vai reunir lideranças da avicultura de postura nacional e internacional de 16 a 19 de junho (09:28)
Presidente da ABPA se reúne governador Eduardo Leite (09:05)
Ministério tenta reabrir UE a carnes e pescados (08:28)
Milho: Bolsa de Chicago mantem tendência ao longo do dia e encerra quarta-feira em alta (08:23)
Carrefour vai monitorar fornecedores de carne por câmeras na França (08:20)
Fiscais Agropecuários gaúchos passarão por capacitação em inspeção (08:05)
STF abre investigação contra políticos na Operação Carne Fraca (08:02)
Três laboratórios têm selo Inmetro cancelado após descobertas da Operação Trapaça (08:00)
Cotação do boi gordo estável em São Paulo e frouxa em Mato Grosso do Sul (07:30)
Em mais um dia vazio de informações, soja fecha estável em Chicago nesta 4ª feira (07:18)
Quarta-Feira, 16/01
Brasil fomenta o maior projeto agropecuário da África (09:01)
ICC Brazil participa do IPPE 2019 (09:01)
Presença diária de fiscais em frigoríficos deverá ser mantida (08:56)
Quantos likes um ovo merece? (08:30)
Boi Gordo: atenção com as vacas e novilhas (08:04)
Milho: Bolsa de Chicago encerra terça-feira com quedas nos preços (08:02)
Soja trabalha em campo positivo nesta 4ª feira em Chicago em ajuste técnico depois das baixas (08:00)
Valor da Produção fecha 2018 em R$ 569,8 bilhões (07:49)