Sexta-feira, 26 de Abril de 2019
Exportação

Exportações de carne passam a ser registradas no Portal Único de Comércio Exterior
Brasília, 12 de Abril de 2018 - A partir desta quinta-feira (12), as exportações de produtos e subprodutos de origem animal submetidas ao Serviço de Inspeção Federal (SIF), embarcados em quaisquer terminais do país, devem, obrigatoriamente, ser registradas por meio do Novo Processo de Exportações e no Portal Único de Comércio Exterior (www.siscomex.gov.br). A medida atinge os embarques de carnes de ave, bovina e suína de 410 empresas, que em 2017 embarcaram US$ 14,9 bilhões.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) é um dos primeiros a aderir ao Portal, por meio do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro). Além do MDIC e da Receita Federal, que coordenam a implantação do Portal Único, outros 20 órgãos do governo participam do projeto.

Com o Portal, a troca de informações sobre o produto a ser embarcado será feita eletronicamente, sem a necessidade de emissão e conferência de papel, baseada no histórico do exportador. As exportações serão classificadas em diferentes níveis de fiscalização, obedecendo a gerenciamento de risco (verde, amarelo, vermelho e cinza, com o verde gerando a liberação automática da carga e o cinza exigindo investigação e auditoria). O trâmite, que demorava vários dias, será concluído em poucos minutos, com ganho de eficiência no controle governamental e redução de custo para os exportadores.

Os exportadores terão até o dia 2 de julho para migrar completamente suas operações para o Novo Processo de Exportações do Portal Único de Comércio Exterior. Os módulos de registro atuais permanecerão disponíveis apenas para consultas e retificações dos registros feitos anteriormente. O desligamento dos antigos sistemas de exportação obedecerá a cronograma disponível no portal Siscomex.

Redução de prazo e de custo

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, destaca que, a partir de agora, o processo para exportação de carnes será mais ágil, inteligente e eficiente, garantindo importante redução de prazos e custos para o exportador, sem prejuízo do controle fundamental exercido pelo ministério. “Fomos desafiados a repensar nosso modelo de trabalho e hoje estamos entregando a prestação de um serviço de melhor qualidade à sociedade brasileira. Direcionaremos os esforços das nossas equipes para as situações que efetivamente representarem risco”, explicou o ministro.

O secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, Luis Rangel, prevê que até o fim do ano o Portal estará disponível para as demais cadeias exportadoras do agronegócio. “Mais de 300 mil operações de fiscalização já passam a contar com um fluxo mais célere e menos burocrático. Novas funcionalidades estão sendo desenvolvidas para atender todas as exportações do agronegócio”.

Benefícios

Entre os benefícios do novo Portal estão a eliminação de documentos; redução em 60% no preenchimento de informações; redução de 40% do prazo médio para a operação de exportação; integração com a Nota Fiscal Eletrônica (NFE); automatização da conferência de informações, entre outras melhorias.

O Portal Único de Comércio Exterior é a principal iniciativa de desburocratização e facilitação do comércio exterior brasileiro. O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge, destaca que já foi possível reduzir em mais de 40% os prazos médios de exportação por meio do Novo Processo de Exportações.

“O Portal vem promovendo uma profunda simplificação e racionalização dos procedimentos para as operações de exportação”, afirma Marcos Jorge. Para o Secretário de Comércio Exterior do MDIC, Abrão Neto, “o Mapa é um órgão fundamental para o comércio exterior brasileiro e nosso parceiro em iniciativas de facilitação de comércio. Trata-se de uma entrega de extrema relevância para os exportadores”.
(MAPA) (Coordenação-geral de Comunicação Social)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sexta-Feira, 26/04
Quinta-Feira, 25/04
China: prejuízos com suíno, lucro com frango (14:38)
Seara, da JBS, recebe autorização para exportar frango para a Índia (12:24)
Empresa catarinense investe R$ 20 milhões em Apucarana (12:23)
CNA pede redução dos juros (08:25)
Soja atinge menor valor desde outubro (08:23)
Condomínio Avícola Encantado II e Sicredi formalizam contrato para viabilizar empreendimento (07:55)
Avimig participa de Audiência com governador de MG, Romeu Zema (07:44)
Em academia, nutricionista do Instituto Ovos Brasil dá dicas sobre o consumo de ovos e a prática de exercícios físicos (07:43)
Inflação que vem do campo agora tem foco nas carnes (07:36)
Copacol apresentou resultados positivos no primeiro trimestre (07:36)
Pernambuco: Lei que prevê a rastreabilidade de ovos é adiada (07:35)
Associação Paulista de Avicultura declara seu apoio à decisão do governo de SP sobre realização de feira de orgânicos (07:34)
Embrapa apresenta vídeos sobre práticas de debicagem em galinhas de postura (07:33)
Agricultura do Paraná propõe fusão de empresas a elas vinculadas (07:30)
Boi Gordo: entre a estabilidade e a queda (07:16)
Grandes estoques e ritmo de plantio deixam Bolsa de Chicago com queda de preços do milho (07:04)
Soja volta a recuar em Chicago ainda com pressão do clima e da demanda (07:00)
Quarta-Feira, 24/04
Os danos da vitória dos caminhoneiros (14:32)
Greve dos caminhoneiros: ANTT altera piso mínimo da tabela do frete (14:31)
Crise reformulará mercado global de proteínas animais (07:53)
Peste suína na China faz ações de frigoríficos dispararem (07:50)
Boi gordo: demanda em baixa, mas oferta restrita limita quedas (07:36)
Avanço do plantio americano deixa cotações do milho em baixa na Bolsa de Chicago (07:33)
Soja fecha com mais de 15 pts de baixa em Chicago e preços caem mais no Brasil (07:30)
China deve aumentar compras de frangos e suínos (07:12)
Workshop visa esclarecer adequações de instalações aduaneiras a exigências do Vigiagro (07:11)
BRF: Parece que o jogo virou, não é mesmo? (07:10)
Terça-Feira, 23/04
Negociações do Plano Safra na reta final (08:50)
Plantio de milho avança nos EUA, o que é bom para o sojicultor brasileiro (07:03)
Elanco começa trajetória independente da Eli Lilly (06:34)
AVES e CRMV-ES realizam curso para o setor de ovos do ES (06:30)
Carne brasileira pode ampliar espaço no mercado chinês, diz ministra (06:20)
Consumo calmo pressiona preços da arroba do boi (06:15)
Segunda-feira termina com milho desvalorizado em Chicago (06:09)
Soja: portos fecham em queda nesta 2ª feira com recuo em Chicago (06:07)
Preocupação na demanda por soja, peste suína africana se alastra por toda China (06:04)
Segunda-Feira, 22/04
StarYeast®, da ICC Brazil, é alternativa para crise de vitamina B2 na União Europeia (10:07)
Programa de autocontrole: cooperativas entregam carta de reivindicações ao MAPA (09:17)
Semana será decisiva para impasse entre governo e caminhoneiros (08:34)
PIB do agronegócio mineiro fecha 2018 com crescimento de 3,55% (08:32)
Serviço de Inspeção de Pernambuco passa a ter equivalência ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (08:20)
Ovos: última semana da Quaresma é marcada por preços estáveis (08:18)
Surto de peste suína africana na China altera dinâmica do mercado de carnes no Brasil (08:18)
Soja: preços sobem, mas médias mensais são as menores desde janeiro (08:15)
China terá redução de 10 mi de toneladas na oferta de carnes com peste suína (08:10)
Incerteza econômica faz agroindústria patinar (08:09)
Suínos: estabilidade nos preços na última semana (08:05)
Soja volta do feriado trabalhando com leves baixas em Chicago nesta 2ª feira (08:00)