Quarta-feira, 25 de Abril de 2018
Produção

Em 2017, cresce abate de bovinos e suínos, mas cai o de frangos
São Paulo, 21 de Março de 2018 -

Após três anos de queda, o abate de bovinos cresceu 3,8% em 2017, atingindo 30,83 milhões de cabeças. O Abate de suínos cresceu 2,0%, chegando a 43,19 milhões de cabeças, um recorde na série histórica, iniciada em 1997. Já o abate de frangos, depois de quatro anos de altas, recuou 0,3% frente a 2016, totalizando 5,84 bilhões de cabeças de frangos.

A aquisição de leite subiu 4,1% em relação a 2016 e chegou a 24,12 bilhões de litros. Já a Aquisição de couro cresceu 1,3%, no período, e a produção de ovos aumentou 6,7% totalizando 3,30 bilhões de dúzias, recorde da série histórica iniciada em 1987. A publicação completa pode ser acessada ao lado.

Abate de bovinos cresce 3,8%, depois de três anos de queda.

Em 2017, foram abatidas 30,83 milhões de cabeças de bovinos sob algum tipo de inspeção sanitária, representando aumento de 3,8% (+1,13 milhão de cabeças) em relação a 2016. Foi o primeiro crescimento anual após três quedas consecutivas nessa comparação.

O abate cresceu em 16 das 27 unidades da federação. Entre aquelas com participação acima de 1,0%, houve aumentos em: Goiás (+355,50 mil cabeças), Minas Gerais (+297,03 mil cabeças), Mato Grosso (+227,15 mil cabeças), Mato Grosso do Sul (+144,61 mil cabeças), Paraná (+85,65 mil cabeças), Rondônia (+68,36 mil cabeças), Bahia (+34,92 mil cabeças), Rio Grande do Sul (+31,34 mil cabeças) e Santa Catarina (+23,95 mil cabeças). Já as reduções foram no Pará (-86,95 mil cabeças), Tocantins (-42,46 mil cabeças), Maranhão 
(-38,23 mil cabeças) e Acre (-25,67 mil cabeças).

Mato Grosso continuou liderando o ranking das UFs do abate de bovinos em 2017, com 15,6% da participação nacional, seguido por seus dois vizinhos do Centro-Oeste: Mato Grosso do Sul (11,1%) e Goiás (10,3%).

Já no 4º trimestre de 2017, foram abatidas 8,02 milhões de cabeças de bovinos sob algum tipo de serviço de inspeção sanitária. Essa quantidade foi 0,4% maior que a registrada no trimestre imediatamente anterior e 8,3% maior que a do 4° trimestre de 2016.

Abate de suínos cresce 2,0% e atinge novo recorde em 2017

Em 2017, foram abatidas 43,19 milhões de cabeças de suínos, representando um aumento de 2,0% (+865,59 mil cabeças) em relação a 2016. A série anual mostra que houve crescimentos ininterruptos dessa atividade, culminando em novo patamar recorde em 2017.

O abate cresceu em 12 das 25 Unidades da Federação participantes da pesquisa. Entre aquelas com participação acima de 1,0%, ocorreram aumentos em: Santa Catarina (+772,49 mil cabeças), Paraná (+322,56 mil cabeças), Mato Grosso do Sul (+128,18 mil cabeças), Minas Gerais (+100,06 mil cabeças) e Mato Grosso (+75,78 mil cabeças). Em contrapartida ocorreram quedas em: Rio Grande do Sul (-334,55 mil cabeças), São Paulo (-81,87 mil cabeças) e Goiás (-69,77 mil cabeças).

Santa Catarina manteve a liderança no abate de suínos em 2017, com 26,6% do abate nacional, seguido por Paraná (21,3%) e Rio Grande do Sul (18,6%).

No 4º trimestre de 2017, foi abatido o recorde de 11,05 milhões de cabeças de suínos, representando aumentos de 0,2% em relação ao trimestre imediatamente anterior e de 2,2% na comparação com o mesmo período de 2016. A Pesquisa se iniciou em 1997.

 

Abate de frangos cai 0,3% em 2017, após crescer quatro anos consecutivos

Em 2017, foram abatidas 5,84 bilhões de cabeças de frango, com queda de 0,3% (-18,54 milhões de cabeças) em relação a 2016, interrompendo a série de quatro anos consecutivos de crescimento do abate de frangos.

A Região Sul respondeu por 60,8% do abate nacional de frangos em 2017, seguida pelas Regiões Sudeste (19,9%), Centro-Oeste (13,9%), Nordeste (3,8%) e Norte (1,6%).

O abate de 18,54 milhões de cabeças de frangos a menos em 2017, em relação ao ano anterior, foi determinado por reduções no abate em 9 das 24 Unidades da Federação que participaram da pesquisa. Entre aquelas com participação acima de 1,0%, ocorreram quedas em: Mato Grosso (-40,23 milhões de cabeças), Minas Gerais (-39,78 milhões de cabeças), Distrito Federal (-13,72 milhões de cabeças) e Santa Catarina (-11,07 milhões de cabeças).

Já os aumentos ocorreram em: São Paulo (+26,05 milhões de cabeças), Goiás (+20,20 milhões de cabeças), Rio Grande do Sul (+15,42 milhões de cabeças), Bahia (+9,62 milhões de cabeças), Paraná (+9,51 milhões de cabeças) e Mato Grosso do Sul (+6,34 mil cabeças).

O Paraná continuou liderando o ranking das UFs no abate de frangos em 2017, com 31,5% de participação nacional, seguido por Santa Catarina (14,7%) e Rio Grande do Sul (14,5).

No 4º trimestre de 2017, foram abatidas 1,43 bilhão de cabeças de frangos. Esse resultado significou queda de 3,7% em relação ao trimestre imediatamente anterior e aumento de 1,1% na comparação com o mesmo período de 2016.

(IBGE) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 25/04
Avicultores de SC temem prejuízos altos com problemas para exportar frango para União Europeia (09:43)
Força Sindical protesta em frente à BRF contra decisão da UE sobre frango (09:42)
Blairo busca apoio de Itamaraty e MDIC para abrir painel na OMC (08:08)
Embrapa lista os desafios da agricultura do país até 2030 (08:03)
Mercado interno chinês se reativa com guerra comercial (08:01)
Milho: mercado sobe pelo 2º dia seguido na CBOT; foco segue na safra dos EUA (08:00)
Soja tem novo dia de estabilidade em Chicago e movimentação de preços e negócios no BR fica limitada (07:58)
Terça-Feira, 24/04
Zoetis participa do 19º Simpósio Brasil Sul de Avicultura (11:51)
CEO renuncia e abre caminho para guinada na gestão da BRF (09:46)
Com recuo de 5,4% na região Sul, PIB do agronegócio deve crescer só 0,7% no ano (09:30)
Milho: com atenções voltadas ao clima e a safra nos EUA, mercado encerra 2ª com leves altas na CBOT (08:06)
Soja fecha em queda nesta 2ª feira em Chicago e desaquece ainda mais ritmo das vendas no BR (08:00)
Segunda-Feira, 23/04
CEO da BRF renuncia ao cargo; diretor financeiro assume interinamente (20:14)
CNA intensifica ações para reverter crise da produção de aves e suínos (14:51)
Convenção marca a hora da virada da Vaccinar (11:30)
Cobb-Vantress realiza nova edição da Escola Técnica Evento será promovido de 23 a 27 de abril, na sede da companhia, em Guapiaçu (SP) (11:28)
Zoetis nomeia Renato Vilas Boas como novo diretor financeiro do Brasil e Sul da América Latina (09:33)
Banco do Brasil prorroga parcelas de custeio e investimento para avicultura e suinocultura (08:28)
FRANGO/CEPEA: queda no alojamento pode favorecer mercado (08:21)
OVOS/CEPEA: poder de compra do avicultor recua 40% em um ano (08:20)
SOJA/CEPEA: preços de farelo e óleo sobem, mas os do grão recuam (08:15)
Milho: diante da perspectiva de melhora no clima nos EUA, mercado recua 2% na semana em Chicago (08:05)
Soja inicia semana na tentativa de uma recuperação em Chicago nesta 2ª, mas ainda com estabilidade (08:00)
Sexta-Feira, 20/04
Instituto Ovos Brasil promove ação em restaurante na Zona Norte de São Paulo (14:03)
ABPA lamenta a suspensão da habilitação de 20 plantas exportadoras de carne de frango pela UE (08:27)
Embargo da UE é problema, mas não é o “fim do mundo”, diz Blairo Maggi (08:21)
Embargo da UE é confirmado e afeta 20 plantas (08:12)
Ministro reafirma ingresso na OMC para contestar barreiras da União Europeia (08:11)
Aberta consulta pública para normatizar destino de carcaças de suínos e aves (08:10)
Definido o conselho que tomará as rédeas da BRF (08:06)
Mercado brasileiro do milho apresenta ligeiras movimentações (08:05)
Soja: Chicago fecha próximo das mínimas em duas semanas e preços recuam no Brasil (08:00)
Quinta-Feira, 19/04
Veja quais são os 20 frigoríficos que foram proibidos de exportar frango para a UE (22:24)
Embargo europeu fará BRF rever planejamento de produção (22:04)
12ª edição do Simpósio da ACAV está confirmada para setembro (16:30)
Nutri&Aves: Cálcio e granulometria do calcário (14:48)
Custos de produção de suínos e de frangos de corte disparam em março (14:45)
Uma 'agroinflação' moderada em 2018 (10:07)
União Europeia deve proibir parte dos frigoríficos brasileiros de exportar frango para região (09:31)
Pedro Parente aceita ser o novo presidente do conselho da BRF (08:27)
Ministério da Agricultura retira suspensão da BRF e anuncia novos mercados para carne catarinense (08:22)
Mercado brasileiro do milho apresenta leves movimentações (08:05)
Soja: Mercado fecha com leve queda na CBOT (08:00)