Terça-feira, 19 de Junho de 2018
Saúde Animal

Brasil deve receber status de livre de aftosa em maio
São Paulo, SP, 21 de Fevereiro de 2018 - Os esforços do governo brasileiro para conseguir o status de livre do vírus da febre aftosa com vacinação para todo o território nacional devem ter um desfecho positivo no mês de maio, durante a assembleia geral da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Segundo o Ministério da Agricultura, o comitê científico da (OIE) aceitou o pedido da Pasta para declarar Amazonas, Roraima e parte do Pará como regiões livres da doença com vacinação. A maior parte do país já era considerada livre da doença com vacinação. Já o Estado de Santa Catarina é reconhecido como livre de aftosa sem vacinação.

A expectativa do Ministério da Agricultura é que o certificado de livre da doença com vacinação seja entregue ao Brasil em 24 de maio, em Paris. A assembleia que reúne os 180 países associados à OIE acontece entre os dias 20 e 25, informou a Pasta, em nota.

"Será um grande salto da pecuária brasileira", disse o ministro Blairo Maggi, em comunicado enviado pelo Ministério da Agricultura. A partir do reconhecimento oficial de que todo o território nacional está livre da vírus, o Brasil lançará mão da segunda etapa, visando tornar todo o país livre de aftosa sem vacinação.

O objetivo do Ministério da Agricultura é deixar de imunizar todo o rebanho bovino do país até maio de 2021. No cronograma da Pasta, a OIE reconheceria o país como livre sem vacinação em 2023. É preciso ficar dois anos sem vacinar e não registrar a doença para cumprir o protocolo da OIE.

Se conseguir o status em 2023, o Brasil terá mais chance de acessar mercados cobiçados como o Japão. A realização da vacinação é apontada pelo país asiático como um impeditivo para a abertura do mercado de carne bovina. Para avançar em seus planos, o ministério prevê que o país deixará de vacinar gradualmente. A partir de maio do próximo ano, os Estados do Acre, Rondônia, municípios do Amazonas e de Mato Grosso deverão abolir a vacinação, de acordo com a Pasta.

Em paralelo, o Brasil deve reforçar a vigilância das fronteiras com a Venezuela e a Colômbia para evitar o ingresso do vírus no país.
(Valor ) (Luiz Henrique Mendes)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 19/06
Embrapa: ICPFrango foi de 225,89 pontos em maio, alta de 2,72% (08:50)
Em cinco anos, produção de carnes de Mato Grosso vai subir 40%, diz banco (07:49)
MILHO/CEPEA: preços recuam quase 8% em sete dias (07:46)
SOJA/CEPEA: preços caem devido à baixa externa, dólar e produção elevada (07:44)
Após greve dos caminhoneiros, BRF suspenderá abates em Concórdia (SC) (07:41)
Ministro Blairo Maggi vai à Comissão de Agricultura da Câmara (07:35)
Mercado interno do milho apresenta poucas movimentações na abertura da semana (07:32)
Soja sobe nos portos do Brasil nesta 2ª feira estimulada pela alta do dólar e dos prêmios (07:30)
Segunda-Feira, 18/06
Justiça livra adquirente de produto agrícola de recolher o Funrural (08:33)
Nova taxa da China para importação de frango preocupa avicultores e indústria (08:30)
EUA e China travam guerra comercial e, com ela, Brasil só tem a perder (08:29)
Ovo ganha papel de destaque em páginas sobre dietas no Instagram (08:10)
Rally em Chicago retira pressão de queda maior do milho (08:08)
Soja: mercado interno com poucos negócios (08:00)
Sexta-Feira, 15/06
Em sua 59ª edição, Festa do Ovo de Bastos tem espaço ampliado e dia específico para o entretenimento (14:35)
II Encontro ASGAV/SIPARGS sobre energia alternativa e complementar (10:02)
Pedro Parente assume como CEO Global da BRF na próxima semana (08:49)
Pressão derruba diretor de inspeção do Ministério da Agricultura (08:46)
Korin decide ampliar foco dos negócios (08:41)
Creche de Água Clara (MS) conta com o apoio da Cobb-Vantress (08:33)
Wisium lança aplicativo que ajuda empresas do setor avícola melhorarem rentabilidade (08:30)
Agroceres Multimix participa de mais uma edição do Avicultor e mostra que o setor conta com as melhores soluções em nutrição animal (08:25)
IBGE: produção de ovos cresceu 7,1% (08:12)
Abate de frangos caiu 1,2% frente no 1° trimestre de 2018 (08:11)
Preços agrícolas sobem 2,17% em maio, afirma IEA (08:09)
Milho: mesmo com o nervosismo da disputa EUA X China, queda de até 13 pts em Chicago surpreende (08:03)
Soja: mercado brasileiro com poucas referências (07:59)
Soja: com foco na China e na safra dos EUA, mercado recua pelo 2º dia consecutivo em Chicago (07:50)
Quinta-Feira, 14/06
Conselho indica Parente como CEO da BRF (10:13)
Oferta e preços dos alimentos in natura voltam ao 'normal' (10:11)
Concurso de Qualidade de Ovos de Bastos 2018 amplia a representatividade da Comissão Julgadora (09:00)
Conab vai remover 140 mil toneladas de milho com cota para autônomos (08:59)
Exportações do agronegócio cresceram para US$ 10 bi em maio (08:30)
Milho: Mercado encerra 4ª feira com leves desvalorizações em Chicago (08:04)
Soja: Com China no radar, mercado tem forte queda nesta 4ª na CBOT e toca menor nível em nove meses (08:00)
Quarta-Feira, 13/06
Programa Ovos RS e SENAI avançam nos preparativos para atendimento ao SIF (16:35)
Carne de frango e Suína brasileiras marcam presença na Copa do Mundo (16:08)
Relação com União Europeia vai endurecer, afirma Maggi (10:47)
Comitê formado por CNA, Agricultura e ABPA discutirá revisão de normas técnicas (09:38)
Saiba qual é o frango que o Brasil quer levar para o país da Copa (09:37)
Seca afeta produção mundial, diz USDA (08:37)
BRF está fazendo “o possível e o impossível” para não fechar fábricas (08:16)
Suíno Vivo: altas em SP, RS e SC (08:12)
CNA protocola ação no STF contra tabelamento de frete (08:06)
Safrinha de milho deverá recuar 14% (08:05)
Mercado interno da soja permanece com poucas movimentações (08:00)