Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018
Empresas

Aviagen América Latina Ganha Prêmio “Exporta, São Paulo”

Empresa de Genética de Aves reconhecida pela sua excelência em exportação, responsabilidade social e ambiental
Campinas, 05 de Janeiro de 2018 -

Em 12 de Dezembro, a Aviagen®, líder mundial em genética de aves, recebeu o prêmio “Exporta, São Paulo” da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (FACESP). A Aviagen recebeu o prêmio durante uma cerimônia na Associação Comercial do Estado, em São Paulo.
Recompensa pelo desempenho das exportações, com responsabilidade ambiental e social

O prêmio “Exporta, São Paulo” avalia o desempenho de exportação de empresas em 20 regiões administrativasda FACESP no estado de São Paulo. Reconhece as micro, pequenas e médias empresas cujas conquistas de exportação foram avaliadas pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Além dos critérios econômicos, as empresas são avaliadas quanto à sua responsabilidade ambiental e social

Desde 2004, o Brasil ocupa a liderança mundial em exportações de carne de frango, com 4,3 milhões de toneladas enviadas para mais de 150 países em 2015. Criado em 2005, o prêmio “Exporta, São Paulo” foi desenvolvido para estimular a exportação estadual, incentivando produtores.

Uma história crescente de sucesso em exportação de material genético

As exportações representam uma quantidade significativa da receita total da Aviagen América Latina, ano a ano. A sede da empresa localiza-se em Campinas – e, todos os anos, de suas demais instalações no estado, a empresa exporta um número considerável de avós e matrizes, para cerca de 20 países em 4 continentes.

"A Aviagen América Latina tem enorme orgulho em aceitar o prêmio ‘Exporta, São Paulo’, que reconhece o trabalho ético, responsável e de qualidade que a empresa realizou ao longo dos anos", disse Ailton Locateli, gerente de Planejamento e Comércio Exterior. "Nossas exportações foram iniciadas há cerca de 10 anos, com um pequeno número de embarques para alguns países, mas através de uma estreita cooperação com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), abrimos novos e estratégicos mercados – e continuamos a crescer nossasexportações".

Garantiano suprimento global de aves


O sucesso mundial das exportações da Aviagen pode ser atribuído ao seu foco absoluto em saúde, bem-estar das aves e biossegurança em suas unidades, que constituem os principais fatores do seu programa de melhoramento genético. Devido a rigorosas práticas de biossegurança, em 2010, a Aviagen no Reino Unido tornou-se a primeira empresa de genética de aves a ser certificada com o status de compartimentação em Influenza Aviária. E, no início deste ano,a Aviagen também obteve o mesmo status nos Estados Unidos. O processo de compartimentação no Brasil segue em andamento e outras informações serão divulgadas quando estiverem disponíveis.

"A InfluenzaAviária tornou-se uma enorme ameaça ao comércio em várias regiões do mundo – e a compartimentação ajuda a reduzir essa ameaça", acrescentou Locateli. "Com a certificação de compartimentação, a Aviagen pode oferecer aos produtores de aves em todo o mundo um suprimento ininterrupto de material genético com qualidade, permitindo-lhes sustentar a crescente populaçãomundial com uma fonte de proteína confiável, saudável e acessível".


Ailton Locateli (ao centro), gerente de Planejamento e Comércio Exterior da Aviagen América Latina e Adriana Flosi (à direita), vice-presidente da Associação Comercial e Industrial de Campinas, durante a cerimônia de premiação.
(Aviagen) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Segunda-Feira, 10/12
SOJA/CEPEA: possível menor demanda externa preocupa agentes; preços recuam (08:05)
Soja: mercado internacional especula sobre demanda da China e fecha em alta nesta 6ª feira (08:00)
Sexta-Feira, 07/12
Cresce mobilização de caminhoneiros por nova paralisação (16:15)
Conferência FACTA WPSA-Brasil 2019 já tem data e temas definidos (12:52)
Qualidade de água é tema de palestra da Vetanco (09:50)
Cobb-Vantress premia melhores lotes da região Nordeste (09:07)
NUCLEOVET apresenta planejamento 2019 em evento em SP (09:03)
FRANGO/CEPEA: exportações recuam, mas valores da carne sobem em novembro (08:14)
Início de dezembro apresenta maior firmeza nas cotações do boi gordo (08:04)
Milho: Bolsa de Chicago fecha quinta-feira com leves baixas (08:00)
A pedido da CNA, STF suspende multas pelo descumprimento da tabela do frete (07:37)
Paraná desburocratiza processo de licenciamento ambiental (07:30)
Depois do frango, Marrocos libera importação de carne bovina dos EUA (06:28)
Quinta-Feira, 06/12
Avicultura gaúcha sofre após desabilitação de unidades de abate (23:34)
“Conexão Aviagen” promove o crescimento e o sucesso do Ross 308 AP (08:50)
SUÍNOS/CEPEA: em novembro, média do vivo é a maior em 2018 em muitas regiões (08:28)
BOI/CEPEA: diferentes necessidades seguem resultando em oscilação do indicador (08:20)
Efeito da trégua entre EUA e China já é menor sobre commodities agrícolas (08:15)
Boi Gordo: preço sobe em São Paulo (08:10)
Milho: Bolsa de Chicago fecha quarta-feira com preços do milho estáveis (08:05)
Soja: Chicago estável e prêmios em queda levam disponível em Paranaguá aos R$ 79 nesta 4ª feira (08:00)
PIB do agronegócio do Brasil deve crescer 2% em 2019, prevê CNA (07:23)
SC aumenta exportação de frango em 14% e a de suínos em 33,6% (07:21)
Licenciamento ambiental em São Paulo para a avicultura (07:19)
Quarta-Feira, 05/12
JBS contrata Guilherme Cavalcanti como CFO (10:34)
El Niño fraco deve 'poupar' safra 2018/19 (10:26)
Vetanco promove palestra técnica junto a Cooperativa Lar (10:19)
Mês difícil para agroindústria ajudou a frear resultado de outubro (08:31)
JBS terá primeiro CEO que não é da família Batista (08:15)
Itamaraty deve reforçar foco agrícola (08:11)
Cenário positivo para o mercado do boi gordo (08:08)
Milho: Bolsa de Chicago fecha terça-feira com alta nos preços do milho (08:06)
Sem nenhum movimento que indique volta às compras dos chineses, soja em Chicago aguarda divulgação de regras definidas em trégua (08:00)
Lar Cooperativa recebe quatro troféus de Inovação (07:42)
Ponta Porã: Programa de incubadoras avança na Nova Itamarati (07:40)
JBS troca comando da empresa (07:39)
Terça-Feira, 04/12
Brasil exporta 322,1 mil toneladas de carne de frango em novembro (18:46)
A pedidos, futuro governo avalia fim da tabela de frete (08:35)
China perto de acordo para retirar antidumping do frango do Brasil (08:18)
Trégua entre China e EUA pouco muda o cenário para a soja brasileira (08:15)
Dezembro começa a cotação da arroba do boi gordo subindo (08:06)
Milho: preços terminam segunda-feira em alta na bolsa de Chicago (08:04)
Soja perde força ao longo do dia e fecha com altas de pouco mais de 10 pts na Bolsa de Chicago (08:00)
Cooperativa vai fortalecer produção de ovos em São Bento do Una (06:55)
Mauricéa, um sucesso vivido em família (06:52)