Quarta-feira, 23 de Maio de 2018
Exportação

Brasil vai fornecer ovos (de consumo e férteis) para a África do Sul
Brasília, 07 de Novembro de 2017 - A Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) recebeu, na manhã desta segunda-feira (6), carta do Ministério da Agricultura, Floresta e Pesca da África do Sul (DAFF) informando que aquele país quer importar do Brasil ovos in natura (líquidos) e ovos processados (congelados). Carta recebida da África do Sul apresenta proposta dos Certificados Sanitários Internacionais (CSIs) para viabilizar as exportações brasileiras desses produtos.

O Brasil já exporta ovos para mais de 50 países, com remessas equivalentes a US$ 110 milhões em 2016. Segundo o Secretário de Relações Internacionais do Agronegócio, Odilson Luiz Ribeiro e Silva, “a demanda sul-africana pelos ovos e produtos à base de ovos do Brasil, são resultado de décadas de pesquisa, investimento e reconhecimento da excelência dos sistemas sanitário e produtivo brasileiro”. O primeiro embarque para o país deverá ocorrer entre o fim deste mês e o início de dezembro.

O produto brasileiro chega à África do Sul em até 19 dias, o que representa vantagem em relação a fornecedores dos Estados Unidos, já que o tempo de entrega é de 31 dias.

Em outubro passado, o ministério sul africano (DAFF) apresentou ao Mapa proposta de Certificado Zoosanitário Internacional (CZI) para respaldar também exportações brasileiras de material genético avícola (ovos férteis).
(MAPA) (Assessoria de comunicação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 23/05
Terça-Feira, 22/05
Greve dos caminhoneiros causa paralisação total na Aurora Alimentos (18:35)
ABPA alerta sobre os riscos de continuidade das paralisações e bloqueios nas rodovias federais e estaduais do País (10:31)
Fim do embargo russo a carnes está próximo (08:52)
Preços agropecuários em São Paulo subiram 2,14% em abril (08:24)
Rússia reabrirá seu mercado às carnes do Brasil (08:19)
Milho: mercado brasileiro apresenta leves movimentações (08:05)
MILHO/CEPEA: incertezas quanto à produtividade e alta do dólar elevam preço interno (08:02)
SOJA/CEPEA: dólar se valoriza, mas prêmio e preço externo recuam no Brasil (08:01)
Chicago x Dólar: preços da soja no BR mantêm equilíbrio após dia intenso (08:00)
Segunda-Feira, 21/05
Cobb-Vantress participa de evento Avicola & Porcinos, na Argentina (14:40)
Preços agropecuários: IEA aponta nova alta em abril de 2018 (11:07)
FRANGO/CEPEA: menor disponibilidade de carne e demanda mais firme elevam cotações (09:14)
OVOS/CEPEA: oferta diminui e preços voltam a subir (09:13)
Custos de produção de suínos e de frangos de corte acumulam mais um mês de aumento em 2018 (08:59)
Aviagen anuncia Novo Gerente Global de Serviços de Nutrição (08:43)
Consultoria reduz em mais de 15% previsão da 2ª safra de milho do Brasil por seca (08:10)
Soja: mercado sobe mais de 1% em Chicago nesta 2ª com suspensão da disputa entra China e EUA (08:00)
Sexta-Feira, 18/05
OMC vê desaceleração no comércio, que já atinge os emergentes (11:38)
Blairo Maggi anuncia abertura do mercado da Coreia do Sul para carne suína brasileira (11:36)
Vendas do campo ao Irã em risco (09:01)
Blairo pede para que China não aplique sobretaxa ao frango brasileiro (08:52)
Ceva Saúde Animal e a Associação Mundial de Medicina Veterinária premiam pesquisador brasileiro por estudos voltados ao bem-estar animal (08:47)
Nova Supervisora Regional de Serviços Técnicos da Aviagen no Brasil traz grande conhecimento em frangos de corte (08:41)
Apesar das chuvas próximas nos EUA, milho cai 4 pontos na CBOT por ajuste técnico (08:09)
Soja tem boas altas em Chicago nesta 6ª feira com correção técnica e expectativas sobre a China (08:00)
Quinta-Feira, 17/05
Aviagen expande capacidade de incubatório no Brasil (09:09)
JBS na mira da CVM em caso do IPO (06:56)
Bronquite Infecciosa: Um desafio para indústria avícola mundial (06:45)
Blairo Maggi afirma que pauta de exportações entre Brasil e China será diversificada (06:43)
Não faltam recursos para financiamento da safra, afirma Wilson Vaz de Araújo (06:39)
Sobra milho, mas há importação (06:25)
Milho: Chicago devolve parte dos ganhos da véspera e os futuros perderam até 3 pontos nesta 4ª feira (06:20)
Soja fecha com forte baixa em Chicago, mas dólar em alta limita recuo no Brasil (06:15)