Terça-feira, 22 de Janeiro de 2019
Exportação

Blairo acompanha Temer na reunião do Brics na China

Ministro da Agricultura também participará de encontros com investidores
Brasília, DF, 31 de Agosto de 2017 - O ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) acompanha o presidente Michel Temer na 9ª reunião de Cúpula do Brics, bloco formado pelo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, que ocorrerá de domingo (3) a terça-feira (5) da próxima semana, na cidade de Xiamen, na província de Fujian, na costa sudeste da China. O tema deste ano é Parceria mais forte para um futuro mais brilhante.

De acordo com Maggi, o encontro servirá para aprofundar a cooperação econômica entre os países do bloco, eliminando obstáculos ao livre comércio no Brics. A China, por exemplo, é hoje o maior parceiro comercial do agronegócio brasileiro. O principal produto importado pelo mercado chinês é a soja em grão. De janeiro a julho deste ano, a China importou 39,4 milhões de toneladas de soja, com receita de US$ 14,86 bilhões.

“O Brasil deverá provocar o governo chinês na questão do comércio, que precisamos ampliar para abrirmos mais espaço para vender mais para eles ”, disse o ministro. A China só aceita produtos in natura. Por isso, não compra óleo ou farelo de soja, há taxação sobre esses produtos.

Maggi considera fundamental exportar com mais valor agregado. “O Brasil tem que industrializar mais e vender produtos com maior valor agregado para eles. Então, nesse sentido, tem como avançar. Teríamos que ter uma cota de produtos para vender dentro da China.”

Na avaliação de Maggi, também é possível ampliar a participação das carnes brasileiras no mercado chinês. Atualmente, assinala o ministro, o Brasil tem limitação de plantas frigoríficas para exportar à China. “Isso pode ser ampliado para que possamos fornecer mais alimentos para eles. É nessa direção que temos que avançar.”

Seminário

A cerimônia de abertura do Fórum de Negócios dos Brics será domingo (3), das 15h30 às 16h. Na segunda-feira (4), pela manhã, está prevista a reunião dos líderes dos Brics. Na parte da tarde, ocorrerá o Diálogo dos líderes com o Fórum de Negócios dos Brics. No último dia, terça (5), de 10h10 às 11h45, haverá o Dialogo de Mercados Emergentes e Países em desenvolvimento.

A delegação brasileira também terá reuniões com autoridades chinesas e participará do Seminário de Oportunidades de Investimentos no Brasil, sexta (1º) e sábado (2), no Hotel St. Regis, em Pequim.

Os ministros Blairo Maggi, Maurício Quintella (Transportes) e Fernando Coelho Filho (Minas e Energia) participarão do painel Oportunidades de Investimento em infraestrutura, transporte, energia e agronegócio, no sábado (2), de 9h30 às 10h45.

O seminário de investimentos apresentará o potencial de investimento, em infraestrutura e logística, para o escoamento da produção agrícola brasileira.

Além disto, serão realizadas rodadas de investimentos, em reuniões one-to-one com investidores e fundos, quando será apresentado o portfólio de oportunidades nos mais variados segmentos do agronegócio brasileiro. O portfólio conta com 30 projetos que representam US$ 1,3 bilhão.

No encontro em Pequim, os participantes poderão degustar cachaças, cafés especiais, confeitos e churrasco brasileiro.

Além de Maggi, a delegação do Mapa é formada pelo secretário de Relações Internacionais do Agronegócio, Odilson Ribeiro e Silva, e pelo diretor do Departamento de Promoção Internacional do Agronegócio, Evaldo da Silva Júnior. A missão viaja nesta quarta (30/8) e retorna na próxima quinta-feira (7).
(Mapa) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 22/01
Arábia Saudita descredencia 33 unidades de carne de frango do Brasil que podem exportar ao país (16:26)
Arábia Saudita barra carne de frango de cinco frigoríficos brasileiros (13:18)
2019: Sindirações abre o calendário de cursos (08:27)
Movimento Frete sem Tabela critica reajustes divulgados pela ANTT (08:08)
Futuro de fiscais da Carne Fraca segue incerto (08:04)
Auster retoma plano para avançar no país (07:50)
Ovos produzidos em Pernambuco ganharão código na casca para garantir qualidade (07:47)
China aceita oferta de exportador de frango do Brasil para encerrar caso antidumping (07:46)
Mercado do boi apresenta baixa movimentação (07:40)
Milho: mercado interno registra estabilidade (07:35)
Soja: poucas variações nos preços com falta da referência de Chicago (07:30)
Segunda-Feira, 21/01
Dia de Campo da Copagril evidencia a força do cooperativismo (09:42)
China diz ter controlado surto de peste suína africana (08:47)
EUA e China negociam reabertura do mercado de frango (08:26)
China poderá reabrir seu mercado à carne de frango americana (08:26)
Exportações do agro em alta de quase 6% ultrapassam US$ 100 bilhões (08:11)
Custos de produção de frangos de corte subiram 14,21% em 2018 (08:07)
Guia Eletrônico de Nutrição Rhodimet®agora também está disponível para uso em smartphones (08:04)
MILHO/CEPEA: colheita da safra de verão se inicia no Brasil (08:02)
SOJA/CEPEA: preços internos, FOB e prêmios recuam com menor demanda internacional (08:01)
Milho: semana se encerrou com preços em alta na Bolsa de Chicago (08:00)
Sexta-Feira, 18/01
FRANGO/CEPEA: desaquecimento de negócios pressiona valores da carne (09:51)
OVOS/CEPEA: poder de compra do avicultor inicia 2019 em queda (09:50)
Milho: produtor de MT revê planos para safrinha (09:45)
Porto de Itajaí fecha o ano com melhor resultado desde 2011 (09:23)
Estudo sugere 'dieta universal' para salvar o planeta (09:22)
Ministério remove 'blindagem' de superintendências estaduais (08:22)
Boi Gordo: oferta regulada à demanda (08:09)
Milho: quinta-feira chega ao fim com preços em alta de até 6 pontos na Bolsa de Chicago (08:05)
Soja fecha a 5ª feira com altas de mais de 13 pts em Chicago com correção técnica e olhos no Brasil (08:00)
Quinta-Feira, 17/01
SUÍNOS/CEPEA: média do vivo é a menor para janeiro desde 2007 (11:06)
BOI/CEPEA: bom planejamento pode garantir margens positivas no fim de 2019 (11:03)
Balança Comercial Paulista registra superávit de US$ 11,49 bilhões, aponta IEA (11:02)
2ª Conbrasul Ovos 2019 vai reunir lideranças da avicultura de postura nacional e internacional de 16 a 19 de junho (09:28)
Presidente da ABPA se reúne governador Eduardo Leite (09:05)
Ministério tenta reabrir UE a carnes e pescados (08:28)
Milho: Bolsa de Chicago mantem tendência ao longo do dia e encerra quarta-feira em alta (08:23)
Carrefour vai monitorar fornecedores de carne por câmeras na França (08:20)
Fiscais Agropecuários gaúchos passarão por capacitação em inspeção (08:05)
STF abre investigação contra políticos na Operação Carne Fraca (08:02)
Três laboratórios têm selo Inmetro cancelado após descobertas da Operação Trapaça (08:00)
Cotação do boi gordo estável em São Paulo e frouxa em Mato Grosso do Sul (07:30)
Em mais um dia vazio de informações, soja fecha estável em Chicago nesta 4ª feira (07:18)
Quarta-Feira, 16/01
Brasil fomenta o maior projeto agropecuário da África (09:01)
ICC Brazil participa do IPPE 2019 (09:01)
Presença diária de fiscais em frigoríficos deverá ser mantida (08:56)
Quantos likes um ovo merece? (08:30)
Boi Gordo: atenção com as vacas e novilhas (08:04)
Milho: Bolsa de Chicago encerra terça-feira com quedas nos preços (08:02)
Soja trabalha em campo positivo nesta 4ª feira em Chicago em ajuste técnico depois das baixas (08:00)
Valor da Produção fecha 2018 em R$ 569,8 bilhões (07:49)