Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019
Empresas

PROGRAMA PORTAS ABERTAS: O CLIENTE MAIS PRÓXIMO DA VACCINAR
Campinas, 31 de Agosto de 2017 - Ao longo dos anos a Vaccinar tem pautado sua atuação pela ética e comprometimento com o desenvolvimento sustentável, inserindo em suas práticas soluções compatíveis com as necessidades do cliente e produtos sintonizados com o crescimento alcançado pelas mais importantes organizações do setor. Desse modo, abrir as portas da empresa é uma prerrogativa que a organização estabeleceu para dividir com os visitantes a sua infraestrutura e comprometimento em desenvolver produtos de qualidade.

Nesse contexto, o Programa Portas Abertas foi criado com o objetivo de apresentar a estrutura da empresa e todo o esforço empreendido para entregar ao cliente o melhor produto. Trata-se de excelente oportunidade para o produtor visitar as fábricas e verificar in-loco o sistema de trabalho e métodos utilizados pela Vaccinar, uma vez que a empresa utiliza critérios avançados de funcionamento.

Agendamento de Visitas

A Companhia acredita que todo esforço para se manter atualizada e oferecer o melhor deve ser compartilhado com o cliente, por isso abre suas portas para visitas às suas fábricas, detentoras dos principais selos e certificações. Para agendar uma visita, o interessado deve contatar a equipe comercial da empresa através do site www.vaccinar.com.br ou a Central de Atendimento que direcionará a solicitação para o representante responsável pela região.

No decorrer da visita, o visitante terá oportunidade de conhecer os técnicos envolvidos nas operações e as etapas da produção, além da tecnologia empregada. Terá também oportunidade de verificar como a Vaccinar está empenhada em contribuir para o desenvolvimento do setor, não só oferecendo empregos, mas também divulgando a empresa e o país, por meio da interação com outros povos e da comercialização de produtos.

Hoje a Vaccinar está presente em grandes eventos nacionais e internacionais, como a Internacional Production & Processing Expo (IPPE), principal feira de negócios do mundo para indústrias do setor de proteína animal, que acontece em Atlanta (EUA), além de se destacar por sua atuação em mercados internacionais, especialmente no Paraguai, país onde é líder em avicultura, e este ano inicia suas atividades também na Bolívia. Além disso, a organização investe em outros centros e fortalece negócios com a Europa, África, Estados Unidos, China e Índia. Nesse contexto, o crescimento constante só é possível a partir da adoção criteriosa das Boas Práticas de Fabricação Vaccinar que abrange certificações, pessoal e tecnologia.

Visita

Ao entrar na organização, o visitante terá oportunidade de conhecer etapas, processos e instalações, nas quais uma equipe, totalmente comprometida com o processo, estará disponível para fornecer informações e responder às suas perguntas. Entre os principais itens a sua disposição estão:

• Recepção de matéria-prima

• Armazenagem (estocagem de matéria-prima e produto acabado)

• Pesagem (micro e macro)

• Setor de Medicados

• Fluxo de produção

• Processo de peletização (granulometria / pós-cooking)

• Processamento de soja, milho e outros grãos ( extrusão e prensagem)

• Ensaque

• Expedição



• Garantia de Qualidade

• Laboratório – Sul

• Unidade Martinho Campos

• Fábricas dedicadas (Verde, Vermelha, Láctea)

• Fábrica branca: para atender ao mercado de Aqua & Pet com qualidade e segurança, a Vaccinar conta com estrutura fabril específica. Dispões de uma fábrica branca livre de antibióticos e contaminantes. Esse aspecto permite à empresa entregar aos clientes e parceiros a melhor solução em nutrição, também para todos os segmentos com esse nível de exigência.

• Visita às granjas de suínos

Todo processo de desenvolvimento da Companhia parte do princípio de que determinada ideia ou ação para ser implantada deve ser relevante para a empresa e para o cliente, por isso, nada mais natural do que dividir esse processo com o cliente. O Programa Portas Abertas objetiva, sobretudo, evidenciar ainda mais o quanto o cliente é importante para o negócio Vaccinar.


(Assessora de Imprensa) (Cristina Vieira)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quinta-Feira, 14/11
Guerra comercial entre EUA e China pode beneficiar o Brasil, dizem especialistas (17:07)
Boi: arroba e carne no atacado atingem patamares recordes (12:17)
A empresa de 65.000 famílias que concorre com BRF e JBS (11:24)
China suspende proibição de importação de carne de aves dos EUA (10:43)
China habilita terceirizado da BRF (10:18)
Milho será fiel da balança para colheita recorde de grãos (10:03)
JBS tem lucro líquido no 3tri19 de R$ 356,7 milhões, revertendo prejuízo (09:45)
ABPA e Apex-Brasil promovem ação em evento de autoridades sanitárias da China (09:42)
China habilita terceirizado da BRF (09:18)
Milho será fiel da balança para colheita recorde de grãos (09:04)
Frango: com maior liquidez, preço da asa atinge recorde (08:30)
Suínos: valor do leitão é recorde nominal (08:20)
Soja tem 5ª feira de pouca movimentação na Bolsa de Chicago, buscando direção (08:10)
Milho perde força em Chicago e reverte ganhos (07:39)
Soja: demanda interna paga melhor que a exportação na safra velha (07:38)
Quarta-Feira, 13/11
Investindo na avicultura latino-americana, Vaccinar patrocina VI Workshop Sindiavipar e apresenta palestra sobre performance reprodutiva de galos (14:39)
BRF avalia aquisições na Turquia para aumentar produção local (11:39)
Soja: mercado em Chicago se mantém inerte nesta 4ª feira (09:22)
Conab prevê novo recorde para safra brasileira de grãos com 246 milhões de t (08:23)
Ministra defende uso de tecnologia na agropecuária brasileira para ampliar mercado. (08:18)
Resultados comprovados impulsionam as vendas da Oceana para premixeiras, cooperativas e fábricas de rações (08:05)
Frango: mercado atacado fecha terça-feira com alta de 3,81% (07:59)
Suínos: boas notícias para o setor aquecem cotações (07:57)
Com maior oferta e consumo em queda, preços da carne suína recuam na China (07:56)
USDA: colheita da soja e do milho ficam ligeiramente acima do esperado nos EUA (07:53)
Milho: preços sobem mais de 1% na B3 e mais de 3% no interior do Brasil nesta 3ª feira (07:51)
Soja precisa de notícias fortes sobre a demanda da China para se recuperar em Chicago e formar preços melhores no BR (07:49)
Novo leilão da CONAB oferta 50 mil toneladas de milho a criadores (07:07)
Terça-Feira, 12/11
Mais 13 frigoríficos brasileiros podem exportar carne para a China (15:54)
Abate de bovinos cresce 4% no 3º tri, diz IBGE; China impulsiona carnes do Brasil (14:32)
ABPA comemora novas habilitações de frigoríficos de aves e suínos (13:23)
Em 10 meses, exportações catarinenses de carne suína superam o faturamento de 2018 (13:21)
Milho: área plantada no verão deve crescer de 2% a 4% em 2019/20, prevê Abramilho (12:00)
Habilitação de frigoríficos é sinal de maior aproximação com árabes, diz executivo (08:03)
Arábia Saudita habilita oito novos frigoríficos brasileiros para exportação de carne bovina (06:05)
Emirados compram 175% mais carne bovina do Brasil (06:02)
Frango: alta apenas no atacado marca começo da semana com cotações mornas em demais setores (05:54)
Suínos: mercado fecha sem variação nesta segunda-feira (05:52)
Boi Gordo: poucos negócios nesta segunda feira (05:50)
Boi: mercado físico abre a semana com forte especulação altista (05:49)
Milho: Bolsa de Chicago encerra sessão com baixas nesta 2ª feira (05:46)
Soja: pessimismo sobre acordo China x EUA se intensifica e Chicago tem mais de 14 pts de baixa (05:43)
Soja: pessimismo sobre acordo China x EUA se intensifica e Chicago tem mais de 14 pts de baixa (05:43)
Segunda-Feira, 11/11
Encontre o time da APC no CBNA 2019 (11:45)
Exportações do agronegócio são recordes, mas faturamento externo cai (11:39)
Milho: demanda interna aumenta e impulsiona cotações (10:49)
Soja: grão se valoriza e indústria reduz processamento (10:47)
Vetanco Brasil reforça sua equipe técnica (10:29)
Soja começa semana operando em baixa na Bolsa de Chicago de olho na guerra comercial (10:18)
Ovos: exportações aumentam; no Brasil, pressão compradora limita altas (09:39)
Mercado de frango encerra a sexta-feira sem alterações expressivas (08:15)
Na B3, vencimento Dezembro/19 para o boi gordo encerra a 6ª feira a R$ 194,50/@ (08:05)
Receita das exportações de carne suína cresce 38,4% em outubro (08:00)
Milho sobe em Chicago na 6ªfeira após USDA reduzir safra, produtividade e exportações (07:36)
UFRA-PA abre processo para contratação de professores substitutos (02:46)
Sexta-Feira, 08/11
Suíno: altas de preços na granja e no atacado em São Paulo (13:40)
Milho segue desvalorizado em Chicago na espera por números do USDA (13:00)
Peru de Natal vai ficar mais caro na ceia de 2019 (12:30)
Andréa Silvestrim, Diretora do CBNA: “Com muita dedicação, estamos trazendo novos conceitos e tecnologias em nutrição para nosso próximo evento” (11:41)
BRF teve lucro líquido de R$ 293,9 milhões no 3º trimestre (11:32)
Faesc contra a tributação das exportações de produtos primários (10:40)
Milho: ofertas do cereal no mercado físico ficaram mais enxutas (10:20)
Soja: Chicago se mantém estável à espera dos novos números do USDA (10:16)
Biovet Vaxxinova realiza reunião de alinhamento estratégico (09:56)
Puxadas pelo milho, exportações do agro atingem US$ 8,4 bilhões em outubro (08:04)
Frango: atacado continua subindo (07:20)
Suínos: resultados inexpressivos marcam mercado nesta quinta-feira (07:14)
Boi: vencimentos Jan e Fev de 2020 fecham a sessão com quedas na B3 (07:13)
Cotação da arroba do boi sobe em 90% das praças pecuárias (07:13)
Milho se desvaloriza em Chicago nesta quinta-feira com números fracos para a exportação (07:12)
Soja brasileira está mais competitiva que a americana com um diferencial de até US$ 15/tonelada (07:10)
Produção de carne suína da China deve cair ao menos 20% em 2019, diz FAO (07:05)