Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018
Empresas

PROGRAMA PORTAS ABERTAS: O CLIENTE MAIS PRÓXIMO DA VACCINAR
Campinas, 31 de Agosto de 2017 - Ao longo dos anos a Vaccinar tem pautado sua atuação pela ética e comprometimento com o desenvolvimento sustentável, inserindo em suas práticas soluções compatíveis com as necessidades do cliente e produtos sintonizados com o crescimento alcançado pelas mais importantes organizações do setor. Desse modo, abrir as portas da empresa é uma prerrogativa que a organização estabeleceu para dividir com os visitantes a sua infraestrutura e comprometimento em desenvolver produtos de qualidade.

Nesse contexto, o Programa Portas Abertas foi criado com o objetivo de apresentar a estrutura da empresa e todo o esforço empreendido para entregar ao cliente o melhor produto. Trata-se de excelente oportunidade para o produtor visitar as fábricas e verificar in-loco o sistema de trabalho e métodos utilizados pela Vaccinar, uma vez que a empresa utiliza critérios avançados de funcionamento.

Agendamento de Visitas

A Companhia acredita que todo esforço para se manter atualizada e oferecer o melhor deve ser compartilhado com o cliente, por isso abre suas portas para visitas às suas fábricas, detentoras dos principais selos e certificações. Para agendar uma visita, o interessado deve contatar a equipe comercial da empresa através do site www.vaccinar.com.br ou a Central de Atendimento que direcionará a solicitação para o representante responsável pela região.

No decorrer da visita, o visitante terá oportunidade de conhecer os técnicos envolvidos nas operações e as etapas da produção, além da tecnologia empregada. Terá também oportunidade de verificar como a Vaccinar está empenhada em contribuir para o desenvolvimento do setor, não só oferecendo empregos, mas também divulgando a empresa e o país, por meio da interação com outros povos e da comercialização de produtos.

Hoje a Vaccinar está presente em grandes eventos nacionais e internacionais, como a Internacional Production & Processing Expo (IPPE), principal feira de negócios do mundo para indústrias do setor de proteína animal, que acontece em Atlanta (EUA), além de se destacar por sua atuação em mercados internacionais, especialmente no Paraguai, país onde é líder em avicultura, e este ano inicia suas atividades também na Bolívia. Além disso, a organização investe em outros centros e fortalece negócios com a Europa, África, Estados Unidos, China e Índia. Nesse contexto, o crescimento constante só é possível a partir da adoção criteriosa das Boas Práticas de Fabricação Vaccinar que abrange certificações, pessoal e tecnologia.

Visita

Ao entrar na organização, o visitante terá oportunidade de conhecer etapas, processos e instalações, nas quais uma equipe, totalmente comprometida com o processo, estará disponível para fornecer informações e responder às suas perguntas. Entre os principais itens a sua disposição estão:

• Recepção de matéria-prima

• Armazenagem (estocagem de matéria-prima e produto acabado)

• Pesagem (micro e macro)

• Setor de Medicados

• Fluxo de produção

• Processo de peletização (granulometria / pós-cooking)

• Processamento de soja, milho e outros grãos ( extrusão e prensagem)

• Ensaque

• Expedição



• Garantia de Qualidade

• Laboratório – Sul

• Unidade Martinho Campos

• Fábricas dedicadas (Verde, Vermelha, Láctea)

• Fábrica branca: para atender ao mercado de Aqua & Pet com qualidade e segurança, a Vaccinar conta com estrutura fabril específica. Dispões de uma fábrica branca livre de antibióticos e contaminantes. Esse aspecto permite à empresa entregar aos clientes e parceiros a melhor solução em nutrição, também para todos os segmentos com esse nível de exigência.

• Visita às granjas de suínos

Todo processo de desenvolvimento da Companhia parte do princípio de que determinada ideia ou ação para ser implantada deve ser relevante para a empresa e para o cliente, por isso, nada mais natural do que dividir esse processo com o cliente. O Programa Portas Abertas objetiva, sobretudo, evidenciar ainda mais o quanto o cliente é importante para o negócio Vaccinar.


(Assessora de Imprensa) (Cristina Vieira)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 14/11
Putin ressuscita super-frango russo (20:08)
Brasil pede que Europa revise cotas após Brexit (20:01)
Paraná produzirá até 47% mais milho em 2019 (19:25)
Pilgrim’s, da JBS, concorre por ativos da BRF na Tailândia e Europa (19:22)
FAEP solicita continuidade do programa Tarifa Rural Noturna (19:21)
CNA debate normas técnicas da avicultura (19:19)
Pilgrim’s, da JBS, concorre por ativos da BRF na Tailândia e Europa (19:10)
Distribuidor da Vetanco promove Simpósio no NE (14:53)
Nova ministra terá que lidar com reflexos da Carne Fraca (11:28)
Programa técnico do Congresso de Ovos 2019 já tem principais temas definidos (09:33)
CNA protocola no STF pedido de suspensão de multas relativas a fretes (08:47)
JBS tem resultado operacional recorde, mas fica no vermelho (08:42)
Abate de bois cresceu no 3º tri, mas o de aves diminuiu (08:41)
Excesso de frango nos EUA desafia Tyson Foods (08:10)
Exportação ajuda, e produção de carnes se recupera no 3º trimestre (08:05)
Milho: perdas do trigo pesam e mercado recua mais de 1% nesta 3ª feira na Bolsa de Chicago (08:03)
Alta do dólar tem efeito limitado e preços da soja no mercado brasileiro tem 3ª feira de estabilidade (08:00)
Terça-Feira, 13/11
ABPA participa de websérie para promover a carne de frango brasileira (11:53)
Ovos registram recorde de produção em um terceiro trimestre (10:52)
Abate de frangos cai 4% no terceiro trimestre de 2018 (10:48)
Sinais de queda na oferta de boi em 2019 (08:59)
Frigoríficos ainda esperam boa disponibilidade de animais no ano que vem (08:58)
Aumenta participação de mulheres com nível superior no agronegócio (08:15)
Milho: mercado tem sessão volátil, mas alta do trigo garante leves altas nesta 2ª feira em Chicago (08:09)
Soja fecha com leve baixa em Chicago, enquanto preços têm 2ª feira volátil no Brasil (08:00)
Boi: parada técnica no mercado de reposição (07:50)
Setor de alimentos e bebidas terá rodada de negócios com importadores chineses dia 23 em SP (07:35)
Prêmio para o empreendedorismo (07:33)
Comissão de avicultura da FAEP encerra 2018 de olho no futuro (07:31)
Grão, minérios, combustíveis e Tecon 2 nos planos de Suape (07:28)
Temas ligados à produção animal serão discutidos em Toledo (07:27)
Segunda-Feira, 12/11
MILHO/CEPEA: depois de cair por quase três meses, preço sobe em algumas regiões (10:27)
SOJA/CEPEA: demanda internacional incerta reduz prêmio no Brasil e valores recuam (10:25)
Diretório Acadêmico de Medicina Veterinária da IMED homenageia Francisco Sérgio Turra (10:20)
Languiru e Dália Alimentos assinam acordo de intenções (09:03)
'Futuro governo não pode fechar portas para o agronegócio' (08:15)
Soja opera em queda na Bolsa de Chicago nesta 2ª feira e corrige altas da última semana (08:00)
Exportadores de carne temem mudança de embaixada para Jerusalém (07:36)
Sexta-Feira, 09/11
FRANGO/CEPEA: preço da carne inicia novembro em alta (09:41)
OVOS/CEPEA: oferta diminui e preços voltam a subir (09:30)
MSD Saúde Animal é reconhecida como a melhor empresa para se trabalhar no segmento de saúde animal (09:22)
"Nunca prometi prazo para virar o jogo na BRF", diz Pedro Parente (09:20)
Agora, Tyson foca expansão no exterior (09:17)
Cobb-Vantress compartilha experiência em manejo de machos no Latin American Poultry & Nutrition Congress 2018 (08:07)
Brasil e EUA vão produzir menos soja, mas estoques são recordes (07:54)
Contratação de crédito rural até outubro soma R$ 64 bilhões (07:52)
Boi: melhora da oferta colabora para queda dos preços da arroba (07:49)
Milho: USDA reduz projeção para a safra dos EUA e mercado fecha 5ª com leves altas em Chicago (07:48)
USDA tem efeito limitado e soja fecha estável na Bolsa de Chicago nesta 5ª feira (07:46)
Quinta-Feira, 08/11
Wisium intensifica atuação na Região Sul (13:29)
SUÍNOS/CEPEA: início de mês e retomada das compras russas impulsionam preços (11:42)
BOI/CEPEA: apesar da pressão da indústria, indicador se sustenta (11:40)
China se torna o maior mercado para carne suína catarinense (09:45)
Grãos: Conab estima uma produção entre 233,7 e 238,3 milhões de toneladas (08:40)
Agronegócio elogia experiência de futura ministra, mas destaca desafios (08:17)
Boi Gordo: baixa volatilidade no mercado (08:10)
Exportações de carne de frango mantém alta em outubro (08:09)
Soja brasileira com boas perspectivas para 2019, mesmo se confirmado acordo entre China e EUA (08:00)