Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018
Empresas

Granja Mantiqueira lança primeira linha de ovos produzida no sistema "Cage Free"
Itanhandu, MG, 09 de Agosto de 2017 - Enquanto o setor avícola brasileiro e órgãos como o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) discutem a implementação no país do sistema de produção de ovos por aves livres de gaiolas; a Granja Mantiqueira se antecipa às tendências internacionais de consumo e lança a Happy Eggs®, sua mais nova linha de ovos, 100% produzida através do novo sistema.

A Mantiqueira, que é uma das 12 maiores granjas do mundo e a maior produtora de ovos do Brasil e da América do Sul, escolheu o aniversário de 30 anos da marca, para lançar a nova linha. No mercado internacional, a União Europeia e parte dos Estados Unidos já aprovaram regulamentações, que eliminam sistemas de alojamento no prazo de alguns anos. No Brasil, diversas empresas do setor de alimentação e hotelaria também já se comprometeram em consumir até 2025, apenas ovos produzidos pelo sistema livre de gaiolas (cage free). E embora a transição nas cadeias de fornecimento brasileiras esteja prevista apenas para os próximos nove anos, a Granja Mantiqueira já começou a adotar o novo sistema.

Os Happy Eggs®, produzidos pelo sistema cage free, tem como características a não adoção de gaiolas. A opção proporciona qualidade de vida produtiva às aves, atendendo ao conceito de bem- estar da Organização Mundial da Saúde Animal (OIE). Neste sistema as aves são criadas em galpões providos de ninhos e poleiros, com liberdade para se movimentar.

“O sistema livre de gaiolas é um desafio para a produção de ovos no Brasil e segue tendência mundial de consumo, de um público que preza pela criação das aves livres. E como a Mantiqueira é sempre pioneira na modernização das granjas e produção de ovos diferenciados, fez questão de se antecipar e atender a demanda, muito antes do prazo previsto,” comenta Leandro Pinto, presidente do Grupo Mantiqueira.

Para adotar o novo sistema, a empresa investiu em condições ambientais, tecnologia de ponta e pesquisas cientificas, estando totalmente apta para atender a demanda do mercado nacional. O lançamento dos Happy Eggs® está sendo feito com exclusividade nos supermercados Zona Sul e depois estará disponível em diversas redes supermercadistas no eixo Rio-São Paulo.

Como o sistema cage-free tem um custo bem maior de produção em relação ao sistema antigo, em um primeiro momento a Mantiqueira optou por ainda manter parte das linhas de produção dentro do sistema tradicional, proporcionando condições de preço mais acessíveis a população, para que haja sempre um produto da Mantiqueira disponível a todos os perfis de consumidores do Brasil. Afinal, os ovos são um alimento essencial e natural, ocupando o quinto lugar no ranking das proteínas mais consumidas no mundo, uma fonte barata de excelente qualidade, com vitaminas, minerais, pouca concentração calórica, e um importante aliado no combate à fome.

O Grupo Mantiqueira, iniciou suas atividades na Serra da Mantiqueira e hoje conta com unidades produtoras em Minas Gerais, Mato Grosso, parceria também com a Fazenda da Toca para a produção de ovos orgânicos, e a nova sede em Paraíba do Sul, com o sistema “Cage free”.
(Granja Mantiqueira ) (Assessoria de Imprensa )
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 14/11
Putin ressuscita super-frango russo (20:08)
Brasil pede que Europa revise cotas após Brexit (20:01)
Paraná produzirá até 47% mais milho em 2019 (19:25)
Pilgrim’s, da JBS, concorre por ativos da BRF na Tailândia e Europa (19:22)
FAEP solicita continuidade do programa Tarifa Rural Noturna (19:21)
CNA debate normas técnicas da avicultura (19:19)
Pilgrim’s, da JBS, concorre por ativos da BRF na Tailândia e Europa (19:10)
Distribuidor da Vetanco promove Simpósio no NE (14:53)
Nova ministra terá que lidar com reflexos da Carne Fraca (11:28)
Programa técnico do Congresso de Ovos 2019 já tem principais temas definidos (09:33)
CNA protocola no STF pedido de suspensão de multas relativas a fretes (08:47)
JBS tem resultado operacional recorde, mas fica no vermelho (08:42)
Abate de bois cresceu no 3º tri, mas o de aves diminuiu (08:41)
Excesso de frango nos EUA desafia Tyson Foods (08:10)
Exportação ajuda, e produção de carnes se recupera no 3º trimestre (08:05)
Milho: perdas do trigo pesam e mercado recua mais de 1% nesta 3ª feira na Bolsa de Chicago (08:03)
Alta do dólar tem efeito limitado e preços da soja no mercado brasileiro tem 3ª feira de estabilidade (08:00)
Terça-Feira, 13/11
ABPA participa de websérie para promover a carne de frango brasileira (11:53)
Ovos registram recorde de produção em um terceiro trimestre (10:52)
Abate de frangos cai 4% no terceiro trimestre de 2018 (10:48)
Sinais de queda na oferta de boi em 2019 (08:59)
Frigoríficos ainda esperam boa disponibilidade de animais no ano que vem (08:58)
Aumenta participação de mulheres com nível superior no agronegócio (08:15)
Milho: mercado tem sessão volátil, mas alta do trigo garante leves altas nesta 2ª feira em Chicago (08:09)
Soja fecha com leve baixa em Chicago, enquanto preços têm 2ª feira volátil no Brasil (08:00)
Boi: parada técnica no mercado de reposição (07:50)
Setor de alimentos e bebidas terá rodada de negócios com importadores chineses dia 23 em SP (07:35)
Prêmio para o empreendedorismo (07:33)
Comissão de avicultura da FAEP encerra 2018 de olho no futuro (07:31)
Grão, minérios, combustíveis e Tecon 2 nos planos de Suape (07:28)
Temas ligados à produção animal serão discutidos em Toledo (07:27)
Segunda-Feira, 12/11
MILHO/CEPEA: depois de cair por quase três meses, preço sobe em algumas regiões (10:27)
SOJA/CEPEA: demanda internacional incerta reduz prêmio no Brasil e valores recuam (10:25)
Diretório Acadêmico de Medicina Veterinária da IMED homenageia Francisco Sérgio Turra (10:20)
Languiru e Dália Alimentos assinam acordo de intenções (09:03)
'Futuro governo não pode fechar portas para o agronegócio' (08:15)
Soja opera em queda na Bolsa de Chicago nesta 2ª feira e corrige altas da última semana (08:00)
Exportadores de carne temem mudança de embaixada para Jerusalém (07:36)
Sexta-Feira, 09/11
FRANGO/CEPEA: preço da carne inicia novembro em alta (09:41)
OVOS/CEPEA: oferta diminui e preços voltam a subir (09:30)
MSD Saúde Animal é reconhecida como a melhor empresa para se trabalhar no segmento de saúde animal (09:22)
"Nunca prometi prazo para virar o jogo na BRF", diz Pedro Parente (09:20)
Agora, Tyson foca expansão no exterior (09:17)
Cobb-Vantress compartilha experiência em manejo de machos no Latin American Poultry & Nutrition Congress 2018 (08:07)
Brasil e EUA vão produzir menos soja, mas estoques são recordes (07:54)
Contratação de crédito rural até outubro soma R$ 64 bilhões (07:52)
Boi: melhora da oferta colabora para queda dos preços da arroba (07:49)
Milho: USDA reduz projeção para a safra dos EUA e mercado fecha 5ª com leves altas em Chicago (07:48)
USDA tem efeito limitado e soja fecha estável na Bolsa de Chicago nesta 5ª feira (07:46)
Quinta-Feira, 08/11
Wisium intensifica atuação na Região Sul (13:29)
SUÍNOS/CEPEA: início de mês e retomada das compras russas impulsionam preços (11:42)
BOI/CEPEA: apesar da pressão da indústria, indicador se sustenta (11:40)
China se torna o maior mercado para carne suína catarinense (09:45)
Grãos: Conab estima uma produção entre 233,7 e 238,3 milhões de toneladas (08:40)
Agronegócio elogia experiência de futura ministra, mas destaca desafios (08:17)
Boi Gordo: baixa volatilidade no mercado (08:10)
Exportações de carne de frango mantém alta em outubro (08:09)
Soja brasileira com boas perspectivas para 2019, mesmo se confirmado acordo entre China e EUA (08:00)