Terça-feira, 21 de Novembro de 2017
Matérias-Primas

No Brasil, preços da soja acompanharam a queda
Campinas, SP, 17 de Julho de 2017 - As cotações da soja no Brasil acompanharam o movimento negativo em Chicago, que, ao lado do dólar, intensificou o recuo nos portos e no interior do país. Na semana, as baixas chegaram a ficar em até 5,82%, como foi o caso de Sorriso, em Mato Grosso, onde o preço fechou com R$ 51,80 por saca.

A soja disponível, nos portos, terminou a semana com indicativos entre R$ 70,00 e R$ 73,00 por saca e, desestimulou os negócios nestes últimos dias já que, nos melhores momentos da semana as referências chegaram a alcançar os R$ 77,00.

Até quarta-feira, como explica o analista de mercado Miguel Biegai, da OTCex Group, os produtores puderam aproveitar bem o mercado antes dos números do USDA e, na sequência, com as baixas intensas, voltaram a se retrair, esperando pelas novas oportunidades que o mercado climático dos EUA poderá ainda trazer.

Segundo o consultor da Terra Agronegócios, Ênio Fernandes, quando os preços voltarem ao intervalo dos R$ 75,00 aos R$ 77,00 por saca, os negócios devem voltar a rodar. "O produtor está muito maduro, cada vez mais profissional e sabe aproveitar suas oportunidades", diz.
(Notícias Agrícolas) (Carla Mendes)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 21/11
Segunda-Feira, 20/11
Sexta-Feira, 17/11
Valor da Produção Agropecuária de 2017 é de R$ 533,5 bilhões (09:55)
Quinta-Feira, 16/11
Matrizes de valor (16:09)
AB Vista destaca o NIR como ferramenta ideal para nutrição de precisão (11:14)
CHICK Program garante eficácia na vacinação em Incubatórios (10:19)
Rússia eleva tom de ameaças a carnes do Brasil (08:51)
Mudanças em MP dobram renúncia com Funrural (08:50)
Favorito de Abilio ganha força na BRF (08:42)
Quarta-Feira, 15/11