Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017
Agronegócios

IEA contabiliza o custo da precipitação no setor de carnes paulista
Campinas, SP, 15 de Maio de 2017 - A operação Carne Fraca, deflagrada em março de 2017 pela Polícia Federal, ocasionou grande impacto nas exportações de carne brasileira, e mais especificamente em São Paulo, conforme mensurou a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do Instituto de Economia Agricola (IEA). De acordo com os pesquisadores Celso Vegro e José Alberto Angelo, o saldo cambial efetivo de US$ 149,17 milhões obtido no mês de março de 2017 revelou um custo de US$ 12,78 milhões aos frigoríficos paulistas, o equivalente a R$ 40,25 milhões.

O impacto sobre o comércio internacional da ação foi quantificado a partir da compilação dos dados relativos aos embarques de carnes in natura e industrializadas ocorridos em março de 2017. No primeiro bimestre do ano, os embarques brasileiros totalizaram US$ 2,28 bilhões, 18% a mais do que nos dois primeiros meses de 2016, devido ao aumento de 31% das vendas internacionais de carne de frango e 53% da carne suína em relação ao primeiro bimestre de 2016.

No entanto, as exportações paulistas registradas em janeiro e fevereiro de 2017, ao contrário do cenário nacional, recuaram 9,25% frente ao registrado nos primeiros dois meses de 2016, com maior queda, de 13,95% nas carnes bovinas. Tampouco houve incremento no preço médio, uma vez que, no primeiro bimestre praticou-se US$ 2.987,51/t, enquanto no mesmo período do ano anterior o preço médio era de 2.942.32/t, mantendo-se, portanto, bastante estável nesse comparativo.

Em março de 2017, as exportações de carnes chegaram a US$ 1,32 bilhão, superando as registradas em março de 2016 em 8,67%, com destaque para o avanço do valor das carnes de frango e suína. Conforme destacam os pesquisadores, o incremento de valor ocorreu com a redução da quantidade embarcada, refletindo melhoria de 16,14% nos preços médios praticados.

Com crescente aceitação nos mercados internacionais, incluindo países com elevada exigência de qualidade sanitária, as exportações de carnes in natura e industrializadas totalizaram US$ 13,91 bilhões, sendo 87% de carne bovina e de frango. Em 2016, o Estado de São Paulo foi responsável por cerca de 30% do total exportado pelo País, contabilizando US$ 5,34 bilhões.

Contudo, com a deflagração da operação ‘Carne Fraca’ pela Polícia Federal, observaram os pesquisadores, “a ação ganhou o noticiário internacional, configurando-se em ameaça real ao comércio brasileiro de carnes, com imediato levantamento de barreiras em vários países, alguns de importância ímpar para as exportações brasileiras”.

Para ler o artigo, que traz uma análise completa do tema, na íntegra clique AQUI

O acompanhamento do setor de carnes, uma das principais atividades agropecuárias do País é fundamental para apoiar a cadeia produtiva, ressaltou o secretário Arnaldo Jardim. “Apoiar o produtor, aproximá-lo do conhecimento gerado pela pesquisa e garantir a saudabilidade dos alimentos são diretrizes do governador Geraldo Alckmin para a Pasta”, afirmou.
(IEA) (Assessoria de Imprensa )
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Segunda-Feira, 25/09
Sexta-Feira, 22/09
Zoetis comemora 25ª edição do Curso de Sanidade Avícola (15:45)
APINCO elege nova Diretoria Executiva (10:49)
Proposta prevê terceirização da defesa (10:18)
Conab negocia apoio ao escoamento de 397,6 mil de t de milho de MT (10:11)
Ovos/Cepea: Oferta elevada mantém pressão sobre cotações (09:56)
Sorriso liderou valor da produção agrícola do país em 2016, indica IBGE (09:47)
Quinta-Feira, 21/09
ABPA e PEIXE BR debatem questões dos setores de aves, suínos, ovos e peixes (15:45)
Cooperativa Central Aurora Alimentos é a maior exportadora do Sul do Brasil (14:44)
Big Dutchman aposta no potencial produtivo da América Latina e anuncia novo Diretor Regional (11:43)
Semana dedicada ao ovo destaca saúde e bem-estar (11:33)
Cooperativa C.Vale abre vagas de trainee (10:48)
Congresso Latinoamericano de Avicultura homenageia Nestor Freiberger e Paulo Martins (10:02)
Formada comissão científica que dará consultoria em tecnologia da Inspeção (09:44)
Agronegócio brasileiro sofre com crise na Venezuela (08:14)
Milho: pequena alta em Chicago (08:07)
Soja realiza lucros em Chicago nesta manhã de 5ª feira e sente pressão do dólar (08:00)
Quarta-Feira, 20/09
Grupo Pão de Açúcar e IOB unidos na Semana do Ovo 2017 (14:00)
Cargill Nutrição Animal orienta como melhorar a rentabilidade com formulação de precisão na produção de aves (10:47)
Paraná lidera produção de proteína animal no País (09:21)
Nutriad nomeia Business Development Manager (08:48)
Por unanimidade, João Martins é eleito Presidente da CNA (08:22)
Resolução sobre Funrural adiciona lentidão a mercados de grãos do Brasil (08:15)
Soja em Chicago trabalha com leves altas nesta 4ª feira à espera de novidades fortes (08:06)
Soja em Chicago trabalha com leves altas nesta 4ª feira à espera de novidades fortes (08:06)
Safra 2017/18 pode ter maior colheita de soja já registrada em Santa Catarina (08:00)
Terça-Feira, 19/09
Gilberto Tomazoni vira COO (11:43)
Cobb-Vantress e Prefeitura de Água Clara inauguram creche para 280 crianças (09:20)
Governo aposta em exportação recorde de milho neste ano (08:15)
Mercado brasileiro do milho apresenta leves valorizações nas cotações (08:06)
Soja dá continuidade à estabilidade na Bolsa de Chicago nesta manhã de 3ª feira (08:00)