Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017
Matérias-Primas

Milho fecha a semana em Chicago com o mercado esperando a recuperação do plantio
Campinas, SP, 15 de Maio de 2017 - Do jeito que os negócios com o milho entraram na tarde, com uma leve virada positiva, assim fecharam o último pregão da semana, nesta sexta (12), na Bolsa de Chicago (12). Depois dos rallys da quarta e quinta, o mercado ficou em campo neutro. Os futuros fecharam com variação de 1,25 a 1,75 ponto.

O maio em US$ 3,61, o julho US$ 3,71 e o setembro US$ 3,79.

Depois de se debruçarem sobre os dados do USDA, com a expectativa de estoques menores, o que deu margem para a alta de mais de 7 pontos na quarta, o clima agora novamente entrou no jogo, de acordo com o reporte da Farm Futures.

Há uma boa chance de neste final de semana os produtores fecharem o buraco de 10% na semeadura da commodity, batendo nos 78% de área coberta para esta época do ano, diminuindo as chances do plantio escapar da melhor janela.

Na semana de 5 a 12, os ganhos efetivados no dia da divulgação do relatório do Departamento de Agricultura dos EUA ajudaram a CBOT a fechar estável, com os contratos no positivo bem depois da ‘vírgula’.

BM&F Bovespa

Sem margem de negócios, com o dólar pouco amigável, mais ainda com a queda desta sexta em 0,62%, fixando-se na troca em R$ 3,12, os contratos futuros na BM&F Bovespa não animaram o mercado.

O maio acabou o último pregão da semana com um magro +0,18%, R$ 27,95, e o setembro invertido, em -0,59%, R$ 26,74.

Físico

Menos negócios ainda foram observados. Juntou-se o que é tradicional no mercado de balcão, com poucas compras e vendas no fechamento das semanas, com o histórico de movimentação praticamente paradas, com os produtores retraídos.
(Notícias Agrícolas) (Giovanni Lorenzon)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Segunda-Feira, 25/09
Sexta-Feira, 22/09
Zoetis comemora 25ª edição do Curso de Sanidade Avícola (15:45)
APINCO elege nova Diretoria Executiva (10:49)
Proposta prevê terceirização da defesa (10:18)
Conab negocia apoio ao escoamento de 397,6 mil de t de milho de MT (10:11)
Ovos/Cepea: Oferta elevada mantém pressão sobre cotações (09:56)
Sorriso liderou valor da produção agrícola do país em 2016, indica IBGE (09:47)
Quinta-Feira, 21/09
ABPA e PEIXE BR debatem questões dos setores de aves, suínos, ovos e peixes (15:45)
Cooperativa Central Aurora Alimentos é a maior exportadora do Sul do Brasil (14:44)
Big Dutchman aposta no potencial produtivo da América Latina e anuncia novo Diretor Regional (11:43)
Semana dedicada ao ovo destaca saúde e bem-estar (11:33)
Cooperativa C.Vale abre vagas de trainee (10:48)
Congresso Latinoamericano de Avicultura homenageia Nestor Freiberger e Paulo Martins (10:02)
Formada comissão científica que dará consultoria em tecnologia da Inspeção (09:44)
Agronegócio brasileiro sofre com crise na Venezuela (08:14)
Milho: pequena alta em Chicago (08:07)
Soja realiza lucros em Chicago nesta manhã de 5ª feira e sente pressão do dólar (08:00)
Quarta-Feira, 20/09
Grupo Pão de Açúcar e IOB unidos na Semana do Ovo 2017 (14:00)
Cargill Nutrição Animal orienta como melhorar a rentabilidade com formulação de precisão na produção de aves (10:47)
Paraná lidera produção de proteína animal no País (09:21)
Nutriad nomeia Business Development Manager (08:48)
Por unanimidade, João Martins é eleito Presidente da CNA (08:22)
Resolução sobre Funrural adiciona lentidão a mercados de grãos do Brasil (08:15)
Soja em Chicago trabalha com leves altas nesta 4ª feira à espera de novidades fortes (08:06)
Soja em Chicago trabalha com leves altas nesta 4ª feira à espera de novidades fortes (08:06)
Safra 2017/18 pode ter maior colheita de soja já registrada em Santa Catarina (08:00)
Terça-Feira, 19/09
Gilberto Tomazoni vira COO (11:43)
Cobb-Vantress e Prefeitura de Água Clara inauguram creche para 280 crianças (09:20)
Governo aposta em exportação recorde de milho neste ano (08:15)
Mercado brasileiro do milho apresenta leves valorizações nas cotações (08:06)
Soja dá continuidade à estabilidade na Bolsa de Chicago nesta manhã de 3ª feira (08:00)