Sexta-feira, 28 de Julho de 2017
Empresas

Saiba como controlar a Escherichia coli e evitar prejuízos na produção avícola

Vacina Poulvac E. Coli da Zoetis é indicada para a prevenção das doenças causadas pela bactéria, ajudando a evitar perdas produtivas ao avicultor
São Paulo, SP, 01 de Fevereiro de 2017 - Uma das bactérias mais comuns em granjas comerciais, sejam elas de postura ou de corte, é a Escherichia coli, agente causador da colibacilose aviária. Doença comum na avicultura, ela é responsável por perdas produtivas e prejuízos econômicos em empresas avícolas de todo o País.

A Escherichia coli está presente em todos os ambientes de criação avícola (solo, água e ar), nas fezes e no próprio organismo da ave. Pode manifestar-se com maior ou menor intensidade, de acordo com determinadas condições, como por exemplo fatores de estresse, má qualidade do ar, ambiência inadequada, doenças respiratórias e fatores imunossupressores.

Dentre as principais manifestações clínicas causadas pela bactéria E. coli na avicultura estão as celulites, aerossaculites, salpingites, peritonites, perihepatites, pericardites e colisepticemias, muitas vezes responsáveis por condenações de carcaças de frango em abatedouros e aumento na taxa de mortalidade, causando sérios prejuízos à indústria avícola.

O controle da doença pode ser feito de duas maneiras: por meio de antibióticos ou por ações preventivas, como vacinação. Embora os melhores resultados sejam obtidos quando o tratamento é iniciado precocemente, a eficácia dos antibióticos não depende somente do estágio da enfermidade, mas também da presença de alguns fatores relacionados à patogenicidade e resistência da bactéria.

“Os métodos preventivos são extremamente importantes para o controle da colibacilose aviária, com destaque para as medidas de manejo na redução de estresse, melhorias na qualidade do ar (redução ou eliminação de amônia e poeira), vacinação adequada e biosseguridade”, explica Eduardo Muniz, Gerente de Serviços Técnicos da unidade de negócios de Aves da Zoetis.

Com o objetivo de ajudar os produtores na redução dos prejuízos associados às enfermidades, a Zoetis disponibiliza no mercado a vacina Poulvac E. Coli, indicada para o controle preventivo de doenças causadas pela bactéria E. Coli em frangos de corte, poedeiras comerciais e reprodutoras.

A tecnologia utilizada na produção desta vacina viva proporciona proteção efetiva, segura e sem nenhuma reação para as aves. A cepa de Escherichia coli utilizada na vacina sobrevive por pouco tempo no organismo da ave, o que impede que desenvolva ou transmita a doença.

Para frangos de corte é indicada uma dose única, preferencialmente no primeiro dia de vida. Para aves reprodutoras e de postura comercial são indicadas no mínimo duas doses, sendo uma na primeira semana, de preferência no primeiro dia de vida, e a segunda entre a oitava e 14ª semana de vida. A aplicação é via spray.

“A vacina Poulvac E. Coli apresenta um grande potencial como ferramenta inovadora, com alta qualidade e eficácia, que pode revolucionar os conceitos na avicultura moderna, ajudando o avicultor a evitar perdas produtivas significativas, mantendo assim sua produtividade e planejamento de produção”, finaliza Eduardo.

Sobre a Zoetis

Zoetis é uma companhia global líder em saúde animal, dedicada a apoiar os clientes e seus respectivos negócios. Com um legado de 60 anos de história, a Zoetis descobre, desenvolve, fabrica e comercializa medicamentos e vacinas de qualidade, além de oferecer uma linha de produtos para diagnósticos e testes genéticos, somados a uma série de serviços. A Zoetis trabalha continuamente com veterinários, produtores e pessoas que criam e cuidam de animais em mais de 100 países. Em 2015, a empresa obteve faturamento de 4,8 bilhões de dólares com cerca de 9 mil funcionários. Para mais informações, acesse www.zoetis.com.br.
(Zoetis) (Assessoria de Imprensa )
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sexta-Feira, 28/07
Simpósio OvoSite trará análises sobre o setor de postura durante o Siavs (09:45)
Rio Grande do Sul intensifica prevenção à Influenza Aviária (09:15)
OVOS/CEPEA: com equilíbrio entre oferta e demanda, preços seguem estáveis (09:00)
20ª Corrida da Galinha e Feira de Avicultura do Nordeste movimentam São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco (08:38)
PS Soluções apresenta o NQO31, neutralizador de maus odores (08:17)
Mercado interno do milho apresenta estabilidade (08:05)
Apoio à sustentação do preço do milho no Centro-Oeste é 100% negociado (08:03)
Soja: altas em Chicago e do dólar puxam preços no Brasil e estimulam novos negócios (08:00)
Quinta-Feira, 27/07
JBS começa a receber ofertas pela Moy Park (11:22)
Condomínios de frangos vão sustentar frigorífico no Rio Grande do Sul (09:23)
Mudanças no sistema de inspeção de granjas geram preocupação no RS (09:17)
Consumo de carne fica estável, mas evolução demográfica eleva volume (08:15)
Milho: dia de leves movimentações (08:07)
Mercado interno da soja apresenta estabilidade nas cotações (08:00)
Quarta-Feira, 26/07
Cobb-Vantress recebe clientes durante o Rio Preto Country Bulls, em Rio Preto (SP) (16:06)
Alckmin veta projeto de lei e libera uso de animais em faculdades (16:01)
Itália confirma novos casos de gripe aviária (10:15)
Fiscais agropecuários retomam mobilização por contratações e não descartam greve (10:14)
Mapa implementa programa de avaliação da qualidade dos serviços veterinários oficiais (10:12)
Pioneiro e Avenorte: parceria para verticalização (09:58)
Boehringer Ingelheim Saúde Animal impacta mais de 500 avicultores com o Road Show Aves 2017 (08:15)
Milho: dia de leve movimentação no mercado interno (08:00)
Soja: mercado tem leves altas em Chicago nesta 4ª, mas trabalha com cautela frente ao clima dos EUA (07:53)
Terça-Feira, 25/07
Ingredientes alternativos na alimentação de poedeiras comerciais (10:06)
Inovações no abate e processamento de aves e suínos são destaques no SIAVS (10:02)
Phileo reposiciona Safmannan no Brasil (09:01)
APA anuncia XVI Congresso de Ovos de 20 a 22 de março, em Ribeirão Preto (08:42)
Exportação de milho acelera, mas a preço menor (08:15)
MT vai ampliar participação na produção de milho e soja (08:10)
Milho: mercado brasileiro apresenta leves movimentações (08:05)
Soja: preços no Brasil permanecem estáveis neste início de semana (08:00)
Segunda-Feira, 24/07
PR: receitas da exportação avícola crescem 8,6% em comparação ao 1º semestre de 2016 (13:34)
Pesquisa da Embrapa investe em boas práticas na produção de ovos (11:12)
Setor de produção de ovos do RS poderá enfrentar dificuldades com mudanças no Serviço de Inspeção (10:52)
Vetanco realiza treinamento técnico e sobre manutenção de atomizadores (08:49)
Incoerência no comércio agrícola (08:20)
MILHO/CEPEA: vendedor recua e liquidez diminui em plena colheita (08:07)
Mercado interno do milho apresenta semana de queda nas cotações (08:03)
SOJA/CEPEA: mesmo com dólar em queda, indicador tem maior média mensal desde jan/2017 (08:00)