Matérias-Primas

Milho: Semana começa com cotações desvalorizadas em Chicago

A segunda-feira (19) começa com quedas nos preços internacionais do milho futuro na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam desvalorizações entre 5,25 e 6,50 pontos por volta das 09h14 (horário de Brasília). O vencimento setembro/19 era cotado à US$ 3,64 com queda de 6,50 pontos, o dezembro/19 valia US$ 3,74 com baixa de 6,25 pontos, o março/20 era negociado por US$ 3,87 com desvalorização de 5,50 pontos e o maio/20 tinha valor de US$ 3,94 com perda de 5,25 pontos. Segundo informações da Farm Futures, os preços do milho são mais baixos, deixando o mês de dezembro como um dia em que ele tenta se manter acima dos valores mais baixos registrados na última semana. “O relatório de baixa do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) de uma semana atrás continua a reduzir o sentimento, apesar da constante incerteza sobre o desenvolvimento das culturas e a produção potencial”, aponta o analista de grãos Bryce Knorr. Em nota, o Grupo Labhoro, aponta que o clima nas regiões produtoras americanas também influência neste início de semana com cotações mais baixas em Chicago. “Boas chuvas caíram durante o final de semana nas planícies norte, desde as Dakotas, passando por Nebraska e leste do Corn Belt, cobrindo áreas mais carentes de Ohio, Indiana e Illinois. As previsões para as próximas 36 horas mostram bom potencial de chuvas para os estados do Delta, variando entre 12,5 mm e 50 mm, o que certamente trará impacto sobre o potencial produtivo”, diz Ginaldo Sousa, diretor geral do Grupo Labhoro.

(Notícias Agrícolas) (Redação)



Visite  www.ovosite.com.br  - O Portal do Ovo na Internet