Orgânicos

Associação Paulista de Avicultura declara seu apoio à decisão do governo de SP sobre realização de feira de orgânicos

O veto do governador João Doria à realização da feira anual de alimentos orgânicos dos pequenos produtores no parque estadual Água Branca, zona oeste de São Paulo, tem gerado um embate político em páginas de mídias sociais e na mídia em geral. Em nota assiinada pelo presidente da entidade, Érico Pozzer, a Associação Paulista de Avicultura (APA) apoia a decisão do governo de São Paulo. “Trata-se de uma decisão técnica e administrativa que busca a segurança dos participantes e que não deve ser politizada”. A explicação oficial da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, responsável pelo parque, é de que a decisão teve caráter estritamente legal, já que o local não comporta o número de participantes declarado pelos organizadores. Outras opções de parques públicos sugeridos e não aceitos foram o da Juventude e o Ecológico do Tietê. Vale lembrar que no evento do ano passado aconteceram diversas manifestações político-partidárias por parte dos organizadores. A posição da Associação Paulista de Avicultura é apoiar o trabalho dos pequenos produtores que participam da feira de orgânicos, mas sem nenhuma influência político-partidária. “O fato de o governador ter dado outras opções de locais para a realização do evento, o que não foi aceito pelos organizadores, confirma que antes de apoiar os produtores de alimentos orgânicos, há quem queira fazer manifestações político-partidárias neste espaço”. Na mesma linha, a APA apoia a firme posição do governo no combate à invasão de propriedades rurais e urbanos, assim como a execução de reintegração de posse de propriedades já invadidas.

(APA) (Assessoria de Imprensa)



Visite  www.ovosite.com.br  - O Portal do Ovo na Internet