Mercado

Consumo calmo pressiona preços da arroba do boi

A maior parte das praças pecuárias se mantiveram com preços estáveis no fechamento de ontem (22). Porém, nas regiões onde a indústria encontra dificuldade em preencher as escalas de abate e reabastecer os estoques para o final do mês, os preços subiram frente ao último levantamento. Em Belo Horizonte-MG, a valorização foi de 0,7%, o que representa R$1,00/@ a mais na comparação diária, e as escalas de abate giram em torno de três dias. Por outro lado, o consumo calmo da segunda quinzena do mês abriu espaço para queda dos preços nas regiões onde a oferta de boiadas tem sido suficiente para suprir a demanda vigente. Em São Paulo, por exemplo, a semana termina com uma queda de 0,6% no preço da arroba do boi gordo, na comparação dia a dia. No acumulado da semana o recuo foi de 0,9%. A margem de comercialização das indústrias que fazem a desossa está em 17,8%, aumento de 1,3 ponto percentual frente ao último fechamento.

(Scot Consultoria) (Pâmela Andrade)



Visite  www.ovosite.com.br  - O Portal do Ovo na Internet