Matérias-Primas

Milho: Na CBOT, preços voltam a testar ligeiras valorizações na manhã desta 5ª feira

Na Bolsa de Chicago (CBOT), os futuros do milho iniciaram a sessão desta quinta-feira (15) com ligeiras altas, próximos da estabilidade. Perto das 8h16 (horário de Brasília), as principais posições do cereal exibiam altas entre 1,00 e 1,75 pontos. O vencimento maio/18 era cotado a US$ 3,90 por bushel, enquanto o setembro/18 operava a US$ 4,03 por bushel. O mercado voltou a testar o lado positivo da tabela depois de encerrar o dia anterior em queda. Os contratos caíram nesta quarta-feira, em um movimento de realização de lucros, depois das recentes valorizações e pressionadas pelas previsões de chuvas em algumas região da Argentina, conforme ponderam as agências internacionais. Outro fator que também está no radar dos participantes do mercado é a safra americana. Ainda ontem, a consultoria Allendale estimou a área cultivada com o cereal nesta temporada nos EUA em 35,82 milhões de hectares. O número ficou abaixo da última projeção do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), de 36,42 milhões de hectares. Hoje, o USDA ainda reporta seu boletim semanal de vendas de grãos americanos. E, segundo Richard Feltes na RJ O'Brien, "a expectativas para grandes vendas de exportação de milho e soja dos EUA". Os números podem influenciar o andamento das negociações em Chicago ao longo do pregão.

(Notícias Agrícolas) (Fernanda Custódio)



Visite  www.ovosite.com.br  - O Portal do Ovo na Internet