Empresas

Lucro líquido da Tyson Foods cresceu quase 0,8% no 4º trimestre

A Tyson Foods, maior empresa de carnes dos Estados Unidos, encerrou o quarto trimestre do ano-fiscal de 2017 com lucro líquido de US$ 394 milhões, incremento de 0,78% ante o lucro líquido de US$ 391 milhoes reportado no mesmo período do ano-fiscal anterior. No acumulado do ano-fiscal de 2017, a Tyson teve lucro líquido de US$ 1,774 bilhão, ligeiro aumento de 0,3% sobre o lucro de US$ 1,768 bilhão do ano-fiscal de 2016. Segundo a Tyson, o lucro por ação do ano-fiscal bateu recorde, atingindo US$ 4,79. “O quarto trimestre foi um bom final para outro ano recorde”, afirmou o CEO da Tyson, Tom Hayes, em comunicado. De acordo com o executivo, os negócios de carne bovina e de carne de frango tiveram “excepcional” desempenho no quarto trimestre e também em todo o ano-fiscal, gerando caixa para investir em frango e alimentos industrializados. Neste ano, a Tyson avançou no setor de alimentos industrializados, com a aquisição da americana AdvancePierre, que tem foco no fornecimento de carnes para o food service. No quarto trimestre, a receita com vendas da Tyson totalizou US$ 10,1 bilhões, 10,8% mais do que os US$ 9,1 bilhões reportados pela companhia no mesmo intervalo do ano anterior. Em todo o ano-fiscal de 2017, a receita da Tyson atingiu US$ 38,2 bilhões, crescimento de 3,7% em relação aos US$ 36,8 bilhões reportados no ano-fiscal de 2016. Para o ano-fiscal de 2018, a Tyson projeta que o lucro por ação fique entre US$ 5,70 e US$ 5,85, avanço de 7% a 10% na comparação com o lucro por ação do ano-fiscal de 2017. A Tyson também estima economizar US$ 200 milhões no ano-fiscal de 2018. Nesse montante, estão incluídas as sinergias da aquisição da AvancePierre.

(Valor) (Luiz Henrique Mendes)



Visite  www.ovosite.com.br  - O Portal do Ovo na Internet